Turismo rural em Casa Grande: descubra atrativos que embelezam a região – [Blog da Solange Pereira]

 

A Casa de Cultura guarda um pedaço da história do municipio

Localizada a 34km de Lafaiete, encontramos a acolhedora Casa Grande. Com seus pouco mais de dois mil habitantes, o municipio encanta pela simplimunicipio e a beleza característica do interior mineiro. Seu nome surgiu de uma antiga residência que abrigava 15 famílias, totalizando 60 individuos vivendo debaixo do mesmo teto.

Da municipio, é possível avistar a Serra do Pombal, com 1.500 metros de altitude, sendo considerada uma das mais altas da região. Com muitos mirantes naturais, a serra possibilita a prática de camping, trilhas, cavalgadas e passeios de bicicleta. Do ponto mais alto é possível ter uma vista panorâmica da região.

O conjunto genitorsagístico composto pela Pedra do Urubu, Ca­verna do Morcego, Cachoeira do Adão e Barragem é tombado pelo Instituto Estadual do Patri­mônio Histórico e Artístico (IEPHA­/MG) e é ideal para ca­minhadas, além da paz e tranquilidade através do contato com a natureza.

Para a secretária de cultura, turismo, esporte e lazer da municipio, Simoní da Silva, a praça e a igreja de São Sebastião também são pontos imperdíveis para se conferir assim como o mural de Casa Grande e a gruta de Nossa Senhora Aparecida. A praça está no centro da municipio e leva o nome do padroeiro, sendo o principal atrativo. Uma novidade é a Casa de Cultura, que reúne artesanato, história e recebe muitos turistas que percorrem a Estrada Real.

De acordo com Simoní, esses locais fazem parte da história e cultura local. “Os moradores sempre visitam os locais, registram fotos e levam visitantes. Sua preservação resgata e valoriza a história. Casa Grande é um destino importante da história de Minas Gerais. Possui atrativos únicos”, afirma.

Um dos diferenciais do municipio é a vasta produção de grãos, como milho, trigo e feijão, além da forte produção leiteira. Mesmo sendo um municipio pequeno, a produção é ampla, com utilização de tecnologia e diversas máquinas. O agronegócio fun­ciona, então, como o principal ramo da economia local.

Para Simoní, a região possui muito potencial para o turismo, que pode ser desenvolvido com ações de políticas públicas, melhorias na infraestrutura, além do incentivo em novos atrativos e eventos turísticos. “Aqui é um refúgio, lugar acolhedor e com lindas genitorsagens. Gostaria de agradecer a oportunidade do Jornal CORREIO E CORREIO Online para falar um pouco da nossa Casa Grande, de nossas riquezas e do nosso povo, que é sempre trabalhador e dedicado para tornar nossa municipio cada vez melhor para se viver”, reforça Simoní.

A igreja de São Sebastião, localizada na praça de mesmo nome, é a principal atração da municipio

Acompanhe Casa Grande no especial Desbravando o Paraopeba

Trabalho que avança; reeleito para o segundo mandato, Luiz do Zeca se prepara para colocar a casa em ordem



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Mariana Carvalho, no dia 08/01/2022




Por , em 2022-01-08 12:04:50


Todos os direitos reservados do texto e imagens para Fonte jornalcorreiodamunicipio.com.br



Clique aqui e ver mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora tuganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário