São Paulo faz evento-modelo com 16 feiras paulistanas de economia criativa – [Blog da Solange Pereira]

Da Redação

No fim de semana dos dias 21 e 22 de agosto, será realizada a primeira “Feira das Feiras Criativas – SP”, o segundo evento-modelo do Plano São Paulo do Governo do Estado de São Paulo e apoio da Secretaria de Cultura e Economia do Estado de São Paulo.

Um encontro de 16 feiras paulistanas de economia criativa reunindo mais de 100 expositores na área externa e sob a marquise do Memorial da América Latina, outro articulador do evento-modelo de organização colaborativa, responsabilidade compartilhada e protocolos de segurança com a chancela do Centro de Contingência da Covid-19 em São Paulo.

O evento-modelo é uma parceria com um grupo de organizadores de feiras criativas que se reúne desde que o setor foi paralisado pela pandemia da Covid-19. No início do isolamento social, entenderam a necessidade de uma articulação para proteger interesses dos pequenos empresários que se consolidavam cada vez mais como uma importante engrenagem da economia paulistana e na geração de empregos.

“O grupo de promotores nasceu com representantes de mais de 40 feiras. A todas elas foi aberta a possibilidade de integrarem o evento-modelo que foi criado por meio de uma organização totalmente colaborativa. Destas, 16 sentiram-se confortáveis e acreditaram ser um bom momento para retomar suas atividades e encarar o desafio de se adequar a um novo formato em espaço controlado com rígidos protocolos de saúde”, conta Beto Lago, da comissão de articulação, planejamento e produção desse coletivo.

Acesso controlado, ingressos vendidos com antecedência e testagem

O protocolo da “Feira das Feiras Criativas – SP” elenca uma série de ações e medidas obrigatórias para o público, expositores e staff. Por exemplo, desde diferentes recomendações de uso, substituição e descarte para diferentes tipos de máscaras, até a capamunicipio reduzida e o acesso controlado de visitantes por meio de ingressos vendidos antecipadamente pela internet pelo preço promocional único de R$ 10 e entrada com hora marcada.

O público será limitado, e o protocolo da “Feira das Feiras Criativas – SP” elenca uma série de ações e medidas obrigatórias para o público, expositores e organizadores. Desde diferentes recomendações de uso, substituição e descarte para diferentes tipos de máscaras, até a capamunicipio reduzida e o acesso controlado de visitantes por meio de ingressos vendidos antecipadamente pela internet pelo preço promocional único de R$ 10 e entrada com hora marcada.

O ingresso com hora marcada permitirá que o acesso seja realizado em pequenos grupos a cada 15 minutos para evitar aglomeração e o público receberá a recomendação de chegar com antecedência para realizar o teste rápido de antígeno Sars-Cov-2. Os participantes também serão monitorados após o evento a partir dos dados individuois coletados.

“Colaborar com este evento é motivo de muita satisfação. É mais um passo no caminho para a nossa volta à normalidade. E o que nos dá confiança é que as medidas para a reabertura da economia, dos eventos em geral, incluindo o lazer, estão sendo tomadas como muita responsabilidade pela Prefeitura de São Paulo e o governo do Estado”, disse o secretário municipal de Esportes e Lazer, Thiago Milhim.

“Com quase 100% da população adulta vacinada, com pelo menos a primeira dose, chegou o momento da retomada econômica consciente aguardada por empresários e trabalhadores deste setor, que foi duramente impactado pela pandemia”, completa a secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Aline Cardoso.

Subsecretaria de Trabalho Artesanal nas Comunidades (SUTACO)

A SUTACO, ligada a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, realiza a Coordenação Estadual do Artesanato Paulista no âmbito do Programa de Artesanato Brasileiro (PAB). Seu trabalho se distribui em auxiliar a inserção dos artesãos paulistas no mercado produtivo, desenvolver políticas públicas de inclusão socioeconômica e trabalhar pelo resgate das formas tradicionais de expressão de São Paulo. A SUTACO preserva e fomenta hoje o “saber fazer” de 98 mil artesãos – sendo um dos maiores programas de artesanato do Brasil.

Para dar visibilidade aos artesãos, mestres e grupos produtivos, que a SUTACO e o Revelando SP – evento realizado através da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo – se juntam em uma parceria após 25 anos através da participação na Feira das Feiras Criativas-SP.

O trabalho da SUTACO e do RevelandoSP é unir-se para preservar e difundir o conhecimento e o potencial econômico dessas mãos que esculpem, tecem e formam o Estado, perpetuando tradições e revelando histórias.

2021 foi declarado o Ano Internacional da Economia Criativa pela ONU

Além da retomada do setor e de também marcar o retorno da programação cultural do Memorial da América Latina, Vanêssa Rochha, que também compõe o time de comissão de articulação, planejamento e produção, comenta que este é um ano muito importante para o fortalecimento da economia criativa.

“A 74ª Assembleia Geral das Nações Unidas realizada no início deste ano declarou que 2021 é o Ano Internacional da Economia Criativa para o Desenvolvimento Sustentável. Por isso é tão importante colocar os holofotes sobre esse setor, principalmente as feiras que, antes da pandemia, vinham crescendo rapidamente e ganhando um papel cada vez mais importante na economia do municipio e no turismo”.

Na municipio, de acordo com uma pesquisa realizada no ano passado pelo Núcleo de Pesquisa e Inteligência de Mercado da São Paulo Turismo (SPTuris) e o Observatório de Turismo e Eventos, 89% do comércio no setor da economia criativa, como moda, artesanato, arte, design e gastronomia, é composto por feiras fixas ou itinerantes. Além disso, 61% desses locais registram um ticket médio que fica entre R$ 51 e R$ 250, e 56,5% são realizadas em espaços culturais.

Poucos meses após o início da pandemia, em junho de 2020, a FGV publicou o “Relatório Sobre os Impactos Econômicos da Covid-19: Economia Criativa” que, naquela época já apontava que 88,6% do setor registrava queda no faturamento devido ao isolamento social e 66,4% dos empresários se enquadravam em atividades que seriam totalmente interrompidas.

“A ‘Feira das Feiras Criativas – SP’, é uma oportunidade única de participar de um evento teste com um planejamento seguro, responsável e baseado na ciência de retomada das atividades do setor no segundo semestre. Em um único dia e lugar poderão circular por diversas feiras tradicionais na municipio com expositores de moda, arte, design, artesanato e gastronomia”, finaliza Vera Santana, parte a comissão de articulação, planejamento e produção.

 

Feira das Feiras Criativas – SP

Instagram: @feirascriativassp

Data: 21 e 22 de agosto de 2021 (sábado e domingo)

Horário: Das 11h ás 19h

Local: Memorial da América Latina

Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda

Ingressos com antecedência e hora marcada serão vendidos pelo Sympla: https://linktr.ee/feiradasfeirascriativas

Valor promocional único: R$ 10,00

Por , em 2021-08-18 17:30:48


Todos os direitos reservados do texto e imagens para Fonte www.globolusiada.com.br



Clique aqui e ver mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora tuganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário