Feira de Orgânicos de Araraquara comemora cinco anos – cotidiano – [Blog da Solange Pereira]








Feira do Daae com produtos orgânicos e artesanato comemora cinco anos (Foto: Amanda Rocha/ACidadeON)

Frutas, legumes, cogumelos, pães e bolos. Tudo fresquinho e orgânico. A Feira de Alimentos artesanais e orgânicos “Da Roça para a Mesa”, de Araraquara, completa cinco anos nesta segunda-feira (16). 

Todas as terças-feiras, 11 barracas com produtores dos Assentamentos Monte Alegre e Bela Vista vendem seus produtos na Praça do Daae, na Fonte Luminosa. São produtos sem agrotóxico, de produção sustentável e que fortalecem a autonomia dos empreendedores rurais da municipio. 

A feira de orgânicos começou como um projeto de pesquisa e extensão universitária da Uniara com a criação do Núcleo de Estudos e Extensão em Agroecologia (NEEA) na universidade. A proposta é voltada a fortalecer a agroecologia na região, mapear e capacitar os produtores rurais.
 
“A gente percebia que tinha o problema da comercialização, porque antes os agricultores e produtoras ficavam juntos em feiras comuns e tinha muita concorrência de valores. Foi uma demanda que surgiu com os produtores de orgânicos porque essa feira é específica porque sabemos que comercialização é um dos princigenitors desafios para quem vive de agricultura.”, comenta Larrisa Satiensa, pesquisadora e uma das organizadoras da Feira.  

EMPREENDEDORAS RURAIS
Autonomia para as mulheres, diversidade de produtos e empreendimento. A barraca do grupo de Mulheres do Assentamento Monte Alegre começou neste ano na feira, e elas revezam a cada edição.  

Doces, pães, linha fit, artesanato, sucos, entre outros são vendidos por elas. “O grupo de mulheres é novo e começa este ano, trabalhamos a autonomia delas. São produtos caseiros, bolo, biscoito, alternando os produtos e mulheres nas edições das feiras”, conta Larissa. 

Há também barracas de sucos naturais, detox, ervas, kombucha (bebida fermentada feita com chá) e óleos essenciais.  

PÃES ESPECIAIS
A empreendedora rural Jiseli Dias de Souza Santana, já fez muita feira com produtos de hortifrúti mas retornou o ano passado com pães diferenciados.  

Ela faz parte do grupo de mulheres do assentamento Monte Alegre, e desenvolve receitas especiais de pães com fermentação natural, como o de shimeji e de ora-pro-nóbis.  

Mas seu cardápio é diverso e atende a vários públicos: veganos, vegetarianos, pães de cenoura, abobrinha, soja, milho, e torresmo.
E quem pensa acaba por aí, se engana, a linha de bolos com frutas de seu sítio são de dar água na boca: tem de maçã, abacaxi, banana, milho. 

“Eu desenvolvi alguns receitas o pão de ora-pro-nóbis e de shimeji, desidratado. Tenho linha vegana e vegetariana. Eu gosto muito de fazer bolo de fruta porque dá para aproveitar muita fruta daqui. Eu tenho muito ora pronóbolis aqui e também faço biscoitinhos de nata que consigo aqui do sítio”, conta.  

FORTALECIMENTO LOCAL
Toda a produção da feira é colhida em locais próximos: são mais de 65 espécies de alimentos frescos e que não precisam viajar longas distâncias. Com isso, a feira tem a capamunicipio de aproximar os produtores dos consumidores, e as individuos saberem o que estão comendo. E o melhor de tudo, sem agrotóxico.  

Todo o grupo de agricultores e de empreendedoras rurais é cadastrado no Ministério da Agricultura e tem certificação do Organismo de Controle Social (OCS).  

“Atualmente temos duas OCSs participando da nossa feira: A OCS Orgânicos Bela Vista e a OCS Produtores Orgânicos de Monte Alegre e Região, com um total de 11 produtores cadastrados”, diz a pesquisadora Larissa.
.
SERVIÇO:
Feria de Orgânicos de Araraquara
Local: Praça do Daae, Fonte Luminosa
Horário: das 16h às 19h

Por , em 2021-08-16 14:46:00


Todos os direitos reservados do texto e imagens para Fonte www.amunicipioon.com



Clique aqui e ver mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora tuganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário