C&A e Lojas Renner apoiam micro e pequenos empreendedores da cadeia têxtil – [Blog da Solange Pereira]

O Instituto C&A e o Instituto Lojas Renner se uniram para apoiar a nova etapa do programa Tecendo Sonhos, iniciativa de empreendedorismo da organização Aliança Empreendedora. Com o objetivo de formalizar microempreendedores migrantes, a parceria visa desenvolver e capacitar 18 oficinas de costura localizadas na capital paulista.

O desejo de formar uma rede de pequenas facções de costura, apoiadas pelo Tecendo Sonhos em uma associação, surgiu em 2020 durante a pandemia devido a grande demanda por produção de máscaras de tecido. O projeto também conta com o apoio da Mastercard Center for Inclusive Growth e da Associação Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX).

Nos próximos dois anos, os microempreendedores receberão capacitações e mentorias nas áreas de logística, comercialização, desenvolvimento humano e financeira, além de assessoria jurídica e contábil. Em meados de 2023, a expectativa é que esses profissionais estejam preparados para formar a primeira associação de migrantes do varejo de moda nacional.

Perfil dos microempreendedores

Em sua maioria bolivianos, os migrantes que chegam ao Brasil trabalham inicialmente como costureiros, mesmo sem nunca terem atuado com esta profissão em seu país de origem. De acordo com a Aliança Empreendedora, estima-se que, somente na capital paulista, a comunidade boliviana seja de aproximadamente 400 mil individuos, a maioria atuando em costura.

“Eles trabalham nas facções como costureiros até juntarem um pouco de dinheiro e abrirem suas próprias oficinas para terem maior liberdade e mais renda, porém se deparam com todos os desafios de gerir um negócio, além das jornadas de trabalho bastante exaustivas. Por isso, a necessidade de agregarem valor em suas oficinas visando acessarem um mercado mais justo, pagando melhores valores para terem uma condição digna de trabalho”, diz Cristina Filizzola, diretora da Aliança Empreendedora.

Melhorias nas condições de trabalho

Desde sua criação, há sete anos, o Tecendo Sonhos já beneficiou cerca de 2.500 individuos de forma direta e mais de 12 mil individuos indiretamente.  “Depois de alguns anos apoiando o Tecendo Sonhos, estamos muito felizes por nos unir ao Instituto Lojas Renner na busca de soluções que enderecem um desafio que ambas as instituições possuem: a melhoria das condições de trabalho na indústria da moda”, diz Gustavo Narciso, Gerente Executivo do Instituto C&A.

Fundado em 2008, o Instituto Lojas Renner já apoiou mais de 900 projetos espalhados pelo país e desenvolve um programa de acolhimento de refugiadas, oferecendo formação em modelagem e costura ou atendimento para o varejo. “Nossa atuação está focada no fomento de ações para o fortalecimento da liderança comunitária e do empreendedorismo, gerando renda e proporcionando condições para que as individuos possam se desenvolver e viver de acordo com suas próprias aspirações”, afirma o diretor-executivo do Instituto Lojas Renner, Eduardo Ferlauto.

“Temos a satisfação de participar ativamente desta iniciativa de impacto positivo na promoção do trabalho digno na cadeia têxtil nacional. O estímulo ao empreendedorismo sustentável está em consonância com o propósito da ABVTEX e suas mais de 100 grandes marcas associadas, que mantêm a iniciativa de promover o fornecimento responsável dos produtos de moda do País”, afirma Edglobo Lima, diretor-executivo da entidade.

Imagem: Bigstock



Por , em 2021-08-12 03:02:28


Todos os direitos reservados do texto e imagens para Fonte mercadoeconsumo.com.br



Clique aqui e ver mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora tuganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário