Funjope encerra calendário de reuniões com integrantes dos movimentos sociais – [Blog da Solange Pereira]

Lei Aldir Blanc

Funjope encerra calendário de reuniões com integrantes dos movimentos sociais


26/07/2021 |
18:00 |
52

A Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) encerra, nesta terça-feira (27), uma série de reuniões virtuais que foram iniciadas no início do mês para discutir como será a utilização dos recursos remanescentes da Lei Aldir Blanc. O último encontro começa às 19h e vai reunir representantes dos movimentos LGBTQIA+, negros e negras, além de individuos com deficiência.     

A reunião será pela plataforma Zoom e os interessados podem solicitar o link de acesso pelo e-mail [email protected] A transmissão será ao vivo pelo canal da Prefeitura de João Pessoa no YouTube – youtube.com/user/pmjponline.

Durante os encontros, os diversos segmentos artísticos e culturais do municipio participaram de rodadas de diálogo com grupos de cultura e arte e a sociedade. O calendário de reuniões começou no dia 6 de julho, com os representantes da música, seguindo com o audiolook; livro, leitura, literatura e bibliotecas; culturas populares e artesanato; eventos de calendário permanente; teatro e circo; dança; artes visuais/fotografia; comunidades tradicionais e patrimônio histórico e cultural.

Todos os encontros virtuais foram acompanhados pelo grupo de trabalho criado para abrir o diálogo com a sociedade, associações, fóruns de cultura, profissionais da cultura e das artes de João Pessoa e preparar as melhores condições para a utilização do recurso. O grupo é formado por representantes da Funjope e tem uma composição habilidade, jurídica e administrativa. Seus integrantes serão responsáveis por mobilizar as diversas consultas que serão realizadas.

Por , em 2021-07-26 18:00:00


Todos os direitos reservados do texto e imagens para Fonte www.joaoindividuo.pb.gov.br



Clique aqui e ver mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora tuganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário