Uma nova era para os elétricos – Motores – [Blog da Solange Pereira]

O dia 9 de fevereiro de 2021 ficará marcado para sempre na história da Audi: os 100% elétricos e-tron GT quattro e RS e-tron GT foram apresentados em uma world première completamente digital. Os dois modelos estão confirmados para o Brasil e chegarão ainda neste ano, mas ainda não há estimativa de valores. Com baixo coeficiente de arrasto, de apenas 0,24, e autonomia de até 487 km, a maior entre os elétricos da marca, o e-tron GT quattro marca uma nova era na história montadora das quatro argolas.

“O e-tron GT é um gran turismo reinterpretado para o futuro. Sua aparência é um testemunho do novo design automotivo premium. Com uma performance impressionante, ele é a eletromobilidade em sua face mais emocional. Não é apenas o conceito do veículo que é sustentável. Toda a produção na planta de Böllinger Höfe agora é neutra no balanço de carbono”, explica o CEO da Audi AG, Markus Duesmann.

Os dois princípios clássicos de um gran turismo são esportividade e conforto. O e-tron GT quattro traz, na grade Singleframe, uma indicação clara da tração elétrica. Enquanto a principal finalidade da Singleframe em modelos com motor a combustão é resfriar o motor, no e-tron GT ela oculta a maioria dos sensores. Somente a parte inferior tem aberturas para passagem de ar.

O desenho lateral, com linhas bem marcadas, nasce no capô alongado e para-brisa plano até mergulhar na linha de teto rapidamente inclinada em direção à traseira. As colunas C suavemente inclinadas na área traseira fluem elegantemente nos ombros musculosos da carroceria. O emblema quattro esculpido nos arcos de rodas simboliza a tração elétrica nas quatro rodas. A tração quattro é enfatizada pela combinação de um baixo centro de gravidade.

As luzes na traseira estão conectadas por uma faixa plana de luz. Um difusor visualmente descentralizado dá ao e-tron GT um inconfundível visual. O aerofólio corre em paralelo à faixa de luz e “arredonda” o visual esportivo.

As dimensões são de um gran turismo clássico: com distância entre-eixos de 2,90 m, o carro tem 4,99 m de comprimento, 1,96 m de largura e somente 1,41 m de altura. O compartimento de bagagem fornece um volume de 405 l no e-tron GT quattro e 366 l no RS e-tron GT. Um segundo compartimento de bagagem abaixo do capô dianteiro oferece mais 85 l de espaço.

Dynamic photo, Colour: Daytona grey

Baterias localizadas entre os eixos

O sistema de bateria de íons de lítio está localizado entre os eixos, no ponto mais baixo do veículo, e a distribuição de peso é muito próxima do valor ideal de 50:50. As entradas de recarga do gran turismo estão localizadas atrás das rodas dianteiras. Os dois lados apresentam conexões para corrente alternada (AC) e também existe uma conexão para corrente direta (DC) do lado direito. O e-tron GT pode carregar com 11 kW AC como padrão, o que permite que complete uma bateria durante a noite. Em um terminal DC com potência adequada, atinge um pico de capacidade de carga de até 270 kW. Isto permite que recarregue até 100 km em pouco mais de 5 minutos. A carga até 80% demora menos de 22,5 minutos em condições ideais.

 

Interior inspirado em monopostos

Cockpit

O foco do interior é no motorista, inspirado pela ideia de “monoposto”, uma característica dos modelos esportivos da Audi e do e-tron GT em particular. O painel central é ligeiramente inclinado em direção ao motorista. O display do Virtual Cockpit Plus parece flutuar, enquanto o MMI touch é cercado por um acabamento black piano que fica acima do painel de instrumentos.

O motorista e o passageiro dianteiro se sentem em posição esportiva baixa, separados por um amplo console central. O seletor compacto para as marchas está localizado no console do túnel central. O desenho enxuto enfatiza o sentido leve de espaço e garante uma experiência de controle precisa. Os bancos traseiros oferecem espaço suficiente mesmo para adultos. A alta qualidade e processamento intransigente dos materiais reflete a atenção aos detalhes com que a Audi desenvolve e constrói seus veículos.

Os assentos são revestidos com uma combinação de couro artificial e material Kaskade ou com uma mistura de couro artificial e microfibra Dinâmica. Materiais reciclados são usados nos dois casos, como fibras de poliéster que foram feitas de garrafas plásticas usadas, têxteis ou fibras residuais. O material de microfibra Dinâmica é similar ao Alcântara, enquanto o Kaskade, cujo projeto de costura é baseado no visual da Singleframe, é criado a partir de fibras naturais como lã.

 

Carro emite som esportivo

O som esportivo do modelo é possível por duas unidades de controle e amplificadores no compartimento de bagagem. Eles geram um ruído separando exterior e interior, que sai através de dois alto-falantes cada, fora e dentro do veículo. Dados sobre a velocidade rotacional dos motores elétricos e do veículo servem como base para o som digital, um ruído sintético que parece real. O motorista pode modular o som pelo Audi Drive Select. No perfil Efficiency, somente o AVAS (Sistema Acústico de Alerta do Veículo) fica ativo, o que já gera um som mais amplo para reconhecimento de um veículo elétrico.

 

Receba notícias diretamente em seu e-mail! Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Por , em 2021-02-11 06:00:00


Fonte www.jornalnh.com.br



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário