Ler é Bom, Vai! O Príncipe e a Costureira, de Jen Wang – [Blog da Solange Pereira]

Ler é Bom, Vai! O Príncipe e a Costureira, de Jen Wang
Reprodução/Darkside Books

O Príncipe e a Costureira venceu nada mais, nada menos do que o Eisner Award em 2019 nas categorias de melhor publicação juvenil e melhor roteirista/desenhista. O quadrinho publicado no Brasil pela Darkside Books é diferente de tudo que já viu. A obra de Jen Wang traz temas que não estamos acostumados em acompanhar em histórias de contos de fadas.

De relance, parece que O Príncipe e a Costureira é uma história da Disney/Pixar. Mas, quando folheamos as primeiras páginas, é fato que a história é bem mais corajosa. A trama acompanha Sebastian, um príncipe herdeiro da Bélgica. Ele está em busca de uma esposa ― ou melhor, seus pais estão cuidando disso para ele. Sebastian, na verdade, está mais ocupado escondendo seu segredo de todos: à noite, ele coloca vestidos ousados e sai pelas ruas de Paris como a fabulosa Lady Crystallia, o ícone fashion da capital da moda. Tal façanha é graças ao belíssimo trabalho de Frances, sua melhor amiga e costureira, e uma das duas únicas pessoas que sabem a verdade. Mas Frances sonha com a grandeza e o reconhecimento, e fazer os vestidos de Lady Crystallia significa viver à sombra de um segredo para sempre.

A narrativa de Jen Wang é fluida e pontua de forma eficiente o drama e humor de seus protagonistas. Sebastian é uma figura reclusa e tímida para seus pais, o Rei e a Rainha. Ele se revela e mostra seu brilho quando assume a persona de Lady Crystallia, mas sua felicidade é incompleta quando apenas seu empregado direto e Frances conhecem o seu segredo. Ele tem medo de revelar sua verdadeira face devido ao preconceito e uma possível vergonha que os pais teriam. Já Frances, é uma costureira talentosa e de personalidade forte. A parceria com Sebastian é a grande oportunidade de mostrar seu trabalho para o mundo, mas ela precisa ficar escondida já que Lady Crystallia precisa permanecer misteriosa. Isso a incomoda, forçando-a colocar Sebastian contra a parede.

Os traços de O Príncipe e a Costureira lembram uma clássica animação 2D da Disney, com cores vivas e exuberantes. O desfecho da narrativa pode deixar alguns leitores com os olhos marejados, já que sua mensagem é bem sublime sobre identidade e aceitação.


Leia mais: Ler é Bom, Vai! Alexander Hamilton, de Ron Chernow


Apesar de ser uma história destinada ao público juvenil, O Príncipe e a Costureira é um quadrinho para todas as idades. Uma obra maravilhosa.

Por , em 2021-01-25 18:21:11


Fonte poltronanerd.com.br



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário