5àsec pretende expandir com novo modelo de lavanderia – [Blog da Solange Pereira]

Ao passo que a pandemia continuava vitimando famílias e a economia, muitas empresas viram no período a oportunidade para o lançamento de novos modelos de negócios. Depois de lançar um modelo mais enxuto em relação ao tradicional, com investimento médio de R$ 80 mil, no início do semestre passado, no fim de 2020 a rede de lavanderias 5àsec ofereceu ao mercado mais um modelo: a lavanderia de autosserviço.

A primeira unidade do tipo foi inaugurada em Belém (PA), em novembro passado. A expectativa, segundo o diretor de Expansão e Novos Negócios da 5àsec, Alex Quezada, é que dez unidades sejam abertas ao longo de 2021. Uma delas está prevista para Belo Horizonte.

A unidade contará, ainda, com o maquinário para atendimento tradicional, disponibilizará o serviço de costura e um espaço de coworking que os clientes possam utilizar enquanto esperam a limpeza das peças. No modelo híbrido, com a opção do autosserviço, o investimento é a partir de R$ 115 mil, com três máquinas de lava e seca.

Segundo dados da Associação Nacional de Empresas de Lavanderia (Anel), atualmente, apenas 4% da população economicamente ativa utilizam os serviços de lavanderia, sendo que mais de 20% desta população são consideradas clientes em potencial.

“O nosso intuito aqui é juntar novos investidores com franqueados já estabelecidos. Assim diluímos os custos para cada um deles. O modelo de autosserviço é muito comum nos Estados Unidos e Europa, mas para nós, brasileiros, ainda é uma mudança cultural. Acreditamos na proposta porque ela vai otimizar o tempo das pessoas oferecendo um serviço de qualidade e preço justo”, explica Quezada.

Toda a operação é feita via aplicativo. O cliente preenche um cadastro, efetua o pagamento eletrônico do serviço e a máquina é liberada para uso. Em seguida, recebe os produtos para fazer a lavagem, escolhe o programa e ciclo de acordo com o tipo de roupa e a máquina faz todo o serviço. Ao finalizar o processo de limpeza, basta tirar e colocar na secadora. Se preferir, ele pode acessar o serviço de lavanderia tradicional em outra parte da loja.

Crescimento – Além da expansão pelo modelo de autosserviço, a rede mira crescer em Minas Gerais também com o modelo enxuto. Além da Região Metropolitana de Belo Horizonte, a 5àsec prospecta oportunidades também nas cidades de Governador Valadares (Vale do Rio Doce) e Juiz de Fora (Zona da Mata). Hoje Minas Gerais representa 6,3% do faturamento total da rede com 23 unidades instaladas, e é o terceiro estado atrás de São Paulo e Paraná. Com as novas unidades, a projeção é aumentar a representatividade para 8,5% levando o Estado para a segunda posição entre todos os estados do Brasil até o final de 2022.

“A medida que a economia começou a se movimentar, também voltamos a crescer. 2021 vai ser um ano de recuperação. Para isso, a fidelização do cliente é fator fundamental. Não adianta só trazer clientes novos. É preciso ter bom atendimento, preço justo e entender as novas necessidades e desejos dos nossos consumidores. Usamos insumos biodegradáveis e a máquina reduz o consumo de água há muito tempo, mas agora as pessoas estão muito mais preocupadas com isso. Antes já tínhamos o serviço antibactericida. Agora ele cresceu 300%. Tudo isso faz parte de uma nova realidade em que os consumidores estão mais exigentes com a qualidade do serviço que contratam”, afirma o diretor de Expansão e Novos Negócios da 5àsec.

Por , em 2021-01-12 00:20:49


Fonte diariodocomercio.com.br



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário