Ultimate-gray e illuminating são as cores do ano pela Pantone – [Blog da Solange Pereira]

Dezembro é o mês que o Instituto Pantone divulga a aposta de cor para o ano seguinte, resultado de um complexo trabalho de análise de tendências que influencia o mercado da moda, decoração e diversas áreas do design. A análise do instituto, realizada há mais de duas décadas, é ampla e abrange desde a indústria de entretenimento e filmes em produção, coleções de arte, destinos de viagens mais procurados, plataformas de mídia social, até as condições socioeconômicas atuais.

Após um ano atípico como 2020, a Pantone veio com uma surpresa: duas tonalidades foram eleitas para 2021. O cinza, batizado de ultimate-gray, e o vibrante amarelo-illuminating substituem a clássica e elegante classic-blue, que foi a escolhida para 2020. Mas essa não é a primeira vez que o instituto elege duas cores juntas. Em 2016, o rose-quartz e o serenity foram a dupla do ano – mas em um contexto e com propostas completamente diferentes.

O instituto já explicou que se baseia na psicologia das cores para tomar a decisão final. A ideia da dupla de 2021 é que, apesar de possuírem elementos muito diferentes, elas consigam “se apoiar”. “A união do resiliente ultimate-gray com o amarelo vibrante illuminating expressa uma mensagem de positividade apoiada pela força e moral. Prático e sólido como uma rocha, ao mesmo tempo caloroso e otimista, essa é uma união de cores que nos passa resiliência e esperança. Precisamos nos sentir encorajados e encantados; isso é essencial para o espírito humano”, define Leatrice Eiseman, diretora executiva da Pantone.

“De forma independente, poderiam ser consideradas cores com sensações opostas”, explica a consultora de imagem Bárbara Hidasi. “O amarelo é uma cor vibrante e solar, que transmite otimismo e alegria. Já o cinza nos lembra do concreto, algo rígido e estável, transmitindo mais maturidade”, continua. Como a proposta do instituto é que as tonalidades também consigam ser utilizadas juntas e de forma harmônica, a consultora aponta que elas se complementam justamente pelos significados opostos. “Tudo o que o amarelo tem de fluidez, o cinza tem de dureza. Acredito que a ideia é trazer mais equilíbrio para esse novo momento.”

Na moda

A análise de tendências de cores já vinha sendo feita ao longo de 2020 e algumas coleções e desfiles mostraram isso. Mas a associação inicial do cinza como uma cor que remete às temperaturas mais frias e o amarelo às estações mais quentes do ano não tem aparecido como uma regra. O cinza foi um dos destaques da coleção primavera-verão 2021 da Balmain, por exemplo. Já o amarelo apareceu na coleção outono-inverno 2020/21 de Marc Jacobs, mas também no desfile primavera-verão 2021 da Prada na Semana de Moda de Milão.

“O amarelo escolhido pela Pantone para este ano, na verdade, é um tom mais frio da cor. Não é o tom tão característico do verão, que seria aquele gema de ovo”, explica a consultora de imagem Bárbara Hidasi. O cinza, tom neutro e acromático, pode ser mais fácil de fazer combinações independente da estação. “Mas o amarelo é uma cor bem fácil também. Ele fica lindo com laranja e verde, para uma combinação análoga. E com o roxo/lilás e o rosa para uma combinação complementar, com um pouco mais de contraste. Isso sem falar nos neutros, como branco, terracota e marrom”, sugere.

O look monocromático continua forte como tendência e pode ser a ideia a se seguir na hora de usar as cores eleitas pela Pantone. “Alonga a silhueta e é mais fácil para quem está começando a se aventurar em um look colorido”, orienta a consultora. Na hora de misturar e brincar com as duas, o próprio instituto diz que não há regras: ambas podem prevalecer e não precisam ser usadas em proporções iguais, além de resultarem em uma boa harmonia para roupas esportivas.

De forma independente ou conjunta, as cores causam impacto na maquiagem e unhas. Quanto aos acessórios, o illuminating pode ser o famoso “ponto de luz” combinado com o ultimate-gray. “Os acessórios de acrílico parecem uma tendência que continuará conosco; então, acho que é uma boa investida. Além disso, amarelo e cinza podem aparecer com o mix de banhos de prata e dourado”, comenta Bárbara. A tonalidade de amarelo também está presente nos acessórios da coleção da Schutz em parceria com a Ginger, marca de Marina Ruy Barbosa.



Por , em 2021-01-01 18:00:00


Fonte www.opopular.com.br



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário