Série do Globoplay mostra a pandemia na periferia – [Blog da Solange Pereira]

O Globoplay lançou hoje a série documental “42m²”, que retrata o cenário da pandemia do novo coronavírus e do isolamento social nas periferias da cidade de São Paulo.

Ao todo, são quatro episódios produzidos. O primeiro traz propõe debates sobre questões raciais, violência policial, desigualdade social e transexualidade. O segundo mostra o sofrimento de atravessar a quarentena em 40 m² — metragem média das casas mostradas — e suas consequências, como o medo de sair para trabalhar, a evasão escolar e a violência doméstica.

O terceiro apresenta os impactos desse cenário na saúde mental das pessoas das periferias paulistanas, que apresentaram quadros de ansiedade, pânico e suicídio. E, para encerrar, o último projeta o futuro após a pandemia, com espiritualidade e amor.

O projeto foi idealizado e produzido pelo Instituo Criar, que trabalha há 17 anos na profissionalização de jovens em situação de vulnerabilidade social nas áreas técnicas do TV e do cinema.

A série documental é formada pela costura de curtas-metragens produzidos por 200 pessoas das periferias de São Paulo. Foram somados 62 documentários, 71 ficções, 51 obras de gênero híbrido, experimental ou videoarte, 9 animações e 6 videoclipes.

O compilado ficou a cargo das roteiristas e montadoras Tatiana Lohmann, Jéssica Queiroz e Samya Carvalho. “Costurar curtas absolutamente diversos entre si, em termos de escolhas estéticas, de gênero cinematográfico, de textura, de apuro técnico, de narrativa e linguagem foi o maior desafio”, contou Tatiana.

“Mas, ao mesmo tempo, foi a riqueza desse projeto: abrir espaço para que essa multiplicidade criativa toda se apresente, com seus contrastes e pontos em comum”, explicou.



Por , em 2020-12-28 16:48:41


Fonte www.uol.com.br



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário