passo a passo para abrir o seu negócio – [Blog da Solange Pereira]

Quem gosta de “fazer moda” pode criar um atelier de costura pequeno. Costureiras de todo país estão abraçando essa ideia de pequeno negócio e alcançando lucros acima do esperado.

O atelier de costura é uma empresa responsável por confeccionar roupas personalizadas e sob medida, conforme as preferências do cliente. Os tipos de vestimenta variam: indo desde peças básicas para usar no dia-a-dia até trajes sofisticados para formaturas e casamentos. 

Montar um atelier de costura é o sonho de muitos profissionais que concluem a faculdade de moda, especialmente aqueles que gostam de “colocar a mão na massa”. Esse conceito de negócio pode ser considerado uma modernização da tradicional e indispensável “costureira de bairro”.

Etapas para abrir um atelier de costura pequeno

Conheça o mercado

O Brasil ocupa a quinta posição no ranking mundial de produção têxtil. Segundo a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecções (ABIT), o país é sede de uma das maiores semanas de moda do mundo.

A procura por roupas sob medida torna o atelier de costura um negócio próspero e com boas chances de sucesso. Os costureiros dos anos 2020 são bem diferentes daqueles que atendiam a clientela nos anos 70 e 80. Eles possuem o próprio estúdio, que mais parece uma boutique. Além disso, atendem as pessoas em casa. 

A dinâmica de um atelier de costura é quase sempre a mesma: o cliente fornece o tecido e a costureira faz o projeto de como será a peça, oferecendo uma consultoria de estilo. O trabalho não consiste em apenas copiar roupas das revistas de moda. 

O mercado de ateliers deixou de oferecer apenas serviços de ajuste e customização. Ele passou a trabalhar, sobretudo, com a criação de moda personalizada.

O atelier especializado na confecção de roupas para pessoas não é a única opção no mercado. Já existem negócios focados em roupas para pet e confecção de bonecas de pano personalizadas.

Público-alvo (para quem você vai costurar)

Ao fazer o estudo do mercado, o empreendedor precisa definir os aspectos do público alvo. É necessário pensar com cuidado nas preferências de compra dos possíveis clientes e das tendências de consumo. 

É possível, ainda, trabalhar com um nicho diferente, indo além da clássica moda feminina. Existem ateliers especializados em moda masculina, infanto-juvenil, plus size e gestante. 

Para fazer uma definição completa do público alvo, considere:

  • Idade
  • Formação 
  • Renda
  • Classe social
  • Sexo
  • Onde moram
  • Hábitos de consumo

Concorrentes (direitos e indiretos)

No estudo de mercado, traçar o perfil dos concorrentes também é importante. O empreendedor precisa considerar os ateliers que já existem, além dos concorrentes indiretos, como lojas de roupa, brechós de grife e boutiques. 

Fornecedores

A escolha de bons fornecedores influencia diretamente na confecção de moda personalizada. Ao escolher os parceiros, prefira as empresas que oferecem qualidade, custo-benefício favorável e variedade. Além disso, outro aspecto importante é a pontualidade com as entregas. 

Faça um planejamento

O planejamento é a chave do sucesso para qualquer empresa. Portanto, antes de executar, foque na elaboração do plano de negócio e verifique a viabilidade da ideia.

Um bom exemplo de plano de negócio de atelier de costura é o trabalho de Rodrigo Santos Matins, apresentado ao Departamento de Ciências Administrativas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em 2011.

O TCC mostra como fazer a análise do setor, definir produtos/serviços e elaborar os planos (de marketing, de recursos humanos, organizacional, operacional e financeiro). Além disso, também traz explicações sobre investimento inicial, previsão de receitas, cursos mensais, impostos e fluxo de caixa.

Invista em qualificação

Um estilista não pode parar de se qualificar. É fundamental que ele participe de cursos de modelagem, corte e costura. Há no Brasil algumas instituições profissionalizantes que são especializadas nesta área, como é o caso da CoutureLab, uma escola de moda que possui unidades em São Paulo e Porto Alegre. 

Localização adequada

Escolha um endereço com grande movimentação de pessoas para instalar a empresa. Se o espaço não fica numa área tão movimentada, o esforço com estratégias de divulgação será maior. 

É muito importante escolher uma localização alinhada ao público alvo. Um ateliê especializado em ajustes de roupas de trabalho, por exemplo, pode escolher um condomínio comercial de escritórios.

Preocupe-se com as exigências legais

O empreendedor pode abrir o seu atelier de costura como Microempreendedor Individual (MEI). Essa categoria é voltada para negócios com faturamento de até R$ 81 mil por ano. Se os ganhos estimados ficam acima disso, o enquadramento passa ser Micro Empresa (ME), que abrange até R$360 mil ao ano.

A abertura de empresa requer:

  • Registro na Junta Comercial
  • Registro na Secretaria da Receita Federal (CNPJ)
  • Registro na Secretaria da Fazenda Estadual (SEFAZ)
  • Registro na Prefeitura Municipal

Para facilitar os trâmites de abertura de empresa, é recomendado contar com os serviços de um contador.

O espaço

O espaço do atelier deve favorecer o processo produtivo.

O espaço mínimo necessário para iniciar o negócio é de 50 m². A área deve ser dividida em espaço de recepção, provador e ambiente de confecção. O terceiro ambiente é fundamental que seja bem-iluminado, ventilado, confortável e organizado.

Equipamentos

Em dúvida sobre qual máquina de costura usar no seu atelier? Assista ao vídeo abaixo e conheça algumas opções:

COMO MONTAR UM ATELIÊ DE COSTURA - DICAS ESPECIAIS

Matéria-prima

Estocar tecidos não é o melhor caminho, afinal, cada temporada tem suas próprias tendências. Por esse motivo, o estoque do atelier deve se concentrar em cores e estampas consideradas neutras e atemporais.

Como os clientes costumam comprar os tecidos por conta própria, o estoque do atelier não precisa ser grande. O que não pode faltar são os materiais que possibilitam a costura das peças, como linhas, zíperes, elásticos e botões.

No caso de uma empresa que opta por fornecer os tecidos, ela pode buscar parcerias estratégias com indústrias têxteis.

Processo produtivo

A mecânica de um atelier de costura se concentra em cinco etapas básicas:

  1. Compra dos materiais: o empreendedor pesquisa os preços dos fornecedores e faz a encomenda, considerando a demanda. 
  2. Atendimento: o cliente é recebido no atelier pessoalmente ou através de outro canal, como e-mail, telefone ou redes sociais. As medidas devem ser anotadas, assim como as preferências com relação ao modelo da peça e materiais. 
  3. Criação: momento em que o estilista desenha a peça. A forma mais correta de fazer isso é através de software de design.
  4. Produção: assim que o cliente aprova o desenho, o estilista começa a produzir. Primeiro vem a modelagem (em ser humano ou manequins). Depois, ocorre o corte dos tecidos conforme os moldes. A fase final do processo é a costura, que se preocupa com o padrão de qualidade para não cometer falhas.
  5. Prova da peça: o cliente volta ao atelier de costura para provar a peça. É nesse momento que a criação pode necessitar de ajustes.

Quem resolve trabalhar sozinho – sem contratar pessoal – precisa ter uma agenda para organizar os pedidos dos clientes e os prazos de entrega.

Investimento

Para iniciar um atelier de costura pequeno, é necessário colocar na ponta do lápis os seguintes investimentos: máquina de costura (de R$800 a R$5 mil) e reforma do espaço (de R$5 mil a R$10 mil).

Além disso, é necessário reservar dinheiro para as ações de divulgação. A lista inclui panfletagem e campanhas em redes sociais.

De acordo com o Sebrae, os custos fixos mensais são de em média R$ 5.700,00. Já os custos variáveis são de R$ 9.800,00.

Isabella MorettiFormada em Publicidade e Propaganda, pós-graduada em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais. É também empresária e CEO & Founder do ViaCarreira.

Por , em 2020-12-22 12:58:57


Fonte viacarreira.com



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário