Centro de Abreu e Lima em meio ao lixo acumulado, e prefeitura segue sem previso de pagamento a funcionrios – [Blog da Solange Pereira]

O centro de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, amanheceu mais um dia em meio ao lixo acumulado. Nesta quinta-feira (17), os trabalhadores que realizam os serviços de limpeza urbana da cidade fizeram valer o anúncio de paralisação da categoria em decorrência do atraso no pagamento salarial e do ticket alimentação do mês de novembro por parte da prefeitura. Alguns, até foram às ruas com os carros de coleta, mas, como prometido, não retiraram os entulhos e o lixo das calçadas. Não faltaram reclamações sobre o cenário de descuido, assim como apoio aos trabalhadores por parte da população.

Moradora da localidade, Sueli de Medeiros contou que, o acúmulo de lixo na região além de ser um atrativo para doenças, passa a ser convidativo para animais de pequeno e grande porte, como ratos, bois e vacas. A costureira de 52 anos de idade salientou que, até certo tempo, a coleta de lixo era realizada de forma regular na região, mas “de uns tempos para cá” a limpeza urbana não vem sendo feita.

Já José Ferreira, 49, expôs a insatisfação com a atual situação enfrentada pelos transeuntes que desejam ir até o centro da cidade. “A coleta não está passando desde segunda-feira, as ruas estão cheias de lixo. O lixo que tem na minha casa, fica na garagem para os cachorros da rua não espalharem, esperamos que esse pessoal volte a trabalhar. A rua está fedendo, não é culpa dos funcionários que trabalham na limpeza, é culpa desse prefeito irresponsável. É uma vergonha, quem quer trabalhar sem receber?”, questionou.

O sentimento de impotência é compartilhado por Jorge da Silva, 48, comerciante na região há cerca de 15 anos. “A família no final do ano com fome, e a cidade no lixo desse jeito. Isso é uma falta de respeito”, constatou. O comerciante conta que dentro da normalidade, os carros de coleta passam para recolher o lixo nos três turnos do dia. “Os garis varrem e colocam no saco, e a coleta passa todo dia, de manhã, de tarde e de noite”, contrapondo com o cenário encontrado nesta quinta. Enquanto a reportagem conversava com seu Jorge, dois carros de coleta passaram na via, mas nenhum deles parou para recolher o lixo, espalhado em vários pontos da região central do município.

Mesmo em atraso com os funcionários que realizam a limpeza urbana da cidade, a Prefeitura de Abreu e Lima informou que a Via Ambiental, empresa responsável pela coleta do lixo, já foi notificada sobre o assunto, e alertou que “caso o lixo não seja recolhido conforme o contrato, a empresa estará sujeita a multa de 50 mil reais ao dia”.

Por outro lado, a prefeitura disse que, no momento, não há previsão de pagamento aos trabalhadores, “mas talvez até amanhã já tenhamos notícias mais atualizadas e positivas”.

Conforme ressaltado na última quarta, o diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Asseio e Conservação, Glauber Henrique, garantiu que “o sindicato está aqui junto com os trabalhadores, onde já fomos até a prefeitura e até agora não tem previsão de pagamento. Estamos de braços cruzados e só vamos voltar ao trabalho quando vermos o dinheiro na conta do trabalhador”. 



Por , em 2020-12-17 12:53:00


Fonte www.diariodepernambuco.com.br



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário