versões, preços, equipamentos, consumo, motor, revisão – [Blog da Solange Pereira]

Lançado em 2015, o Jeep Renegade ainda é um dos modelos preferidos do público entre os SUVs compactos. Mas, foi o padrão Renegade 2017 que trouxe as principais melhorias nos primeiros anos de vendas do coche.

O utilitário-esportivo ganhou novidades no motor flex, perdendo um pouco a reputação de manco e borracho.

Fora isso, o Renegade 2017 estreou a novidade versão Limited para competir diretamente com o Honda HR-V EXL, com lista de equipamentos mais recheada e preço menor que o do concorrente nipónico. As outras variantes ficaram mais equipadas.

Confira aquém tudo sobre o Jeep:

VEJA TAMBÉM:

  • Jeep Renegade diesel: história, motor, consumo, desempenho, preços
  • Jeep Renegade 2020: preço, consumo, versões (em detalhes)
  • Renegade 2018: itens de série, versões, preços, motores, revisões

Renegade 2017 – novidades

Jeep Renegade recebe duas novas cores em abril de 2016

As primeiras novidades do Renegade 2017 foram anunciadas em abril de 2016. Para comemorar um ano de mercado do coche, a marca anunciou a chegada das novas cores metálicas Cinza Antique e Vermelho Tribal (de tonalidade vinho).

Jeep lança Renegade 75 Anos em setembro de 2016

Já em setembro de 2016, o Jeep Renegade superou a marca de 75 milénio unidades vendidas. Na ocasião, o padrão estreou a série próprio Renegade 75 Anos, para comemorar os 75 anos da marca Jeep no mundo. O padrão foi anunciado com produção limitada a 2 milénio carros.

Fundamentado no Renegade Sport com motor flex ou diesel, o Renegade 75 Anos se diferenciava unicamente por alguns detalhes visuais e de retoque. Tinha rodas de 17 polegadas, além de retoque na cor bronze nas rodas, grade frontal, emblemas, molduras do para-choque e racks de teto. Oferecia também bancos com detalhes em preto e costura dupla nas cores branco e laranja.

Seus preços variavam de R$ 88.890 a R$ 116.890.

Renegade 2017 ganha melhorias no motor flex, novos itens e novidade versão em novembro de 2016

As grandes novidades da traço 2017, porém, foram anunciadas em novembro de 2016. O Renegade 2017 recebeu melhorias no motor 1.8 E.torQ Evo flex, que ficou ligeiramente mais potente e econômico. Passou a relatar ainda com novos equipamentos de série e a novidade versão Limited, a topo de traço para o padrão flex.

Entre os equipamentos, o coche incorporou na versão Sport itens uma vez que porta-óculos, barras longitudinais de teto, banco do passageiro rebatível e com porta-objetos sob o assento e medial multimídia Uconnect com tela de cinco polegadas, GPS e câmera de ré no padrão Diesel.

O Renegade Lonjura recebeu porta-óculos e, no Diesel, bancos em epiderme. Por término, o Renegade Trailhawk adotou faróis de xenônio, chave presencial e partida por botão, sete airbags, bancos em epiderme e retrovisores externos com rebatimento elétrico.

A novidade versão Renegade Limited chegou com detalhes na cor prata na grade frontal, retrovisores e barras de teto, teto preto, rodas aro 18 e novos equipamentos uma vez que faróis de xenônio, sensores de luz e chuva, retrovisor interno eletrocrômico, tela com tela TFT de sete polegadas, bancos em epiderme, chave presencial e partida por botão, retrovisores externos rebatíveis eletricamente, entre outros.

Renegade 2017: versões, preços, equipamentos, consumo, motor, revisão

Renegade 2017 – detalhes

Para acirrar a combate com o Honda HR-V, o Jeep Renegade recebeu uma série de melhorias na traço 2017. Além do motor mais potente e eficiente, o coche trouxe uma vez que destaque a versão Limited, a topo de traço para as configurações flex.

O Renegade Limited chegou para desancar de frente diretamente com o Honda HR-V EXL, oriente R$ 3,4 milénio mais custoso e com recursos a menos.

Por outro lado, o Renegade traço 2017 manteve as boas virtudes do Renegade lançado em 2015. O coche tem uma vez que destaque o visual bastante característico e o interno com bom retoque e também um bom espaço para os ocupantes.

Merece destaque também a suspensão com ajuste bastante suave e com estrutura sólida, devido ao sistema independente nas quatro rodas. Ele absorve muito muito as buraqueiras da cidade e se sai muito no fora-de-estrada. O silêncio abordo é outro engodo.

Um dos grandes pecados do coche, todavia, é o porta-malas com capacidade para unicamente 273 litros de bagagens, menor até mesmo que de muitos hatches populares e compactos à venda no Brasil.

Renegade 2017 – versões

O Renegade 2017 pode ser encontrado no mercado de usados em uma série de configurações diferentes. Há as variantes 1.8, Sport, Lonjura, Limited e Trailhawk, com motor 1.8 flex e câmbio manual, 1.8 flex e câmbio automático e 2.0 turbodiesel com câmbio automático de nove marchas e tração 4×4.

Veja a seguir todas as versões do Jeep Renegade traço 2017:

  • Jeep Renegade 1.8 Flex MT5
  • Jeep Renegade Sport 1.8 Flex MT5
  • Jeep Renegade Sport 1.8 Flex AT6
  • Jeep Renegade 75 Anos 1.8 Flex AT6
  • Jeep Renegade Lonjura 1.8 Flex AT6
  • Jeep Renegade Limited 1.8 Flex AT6
  • Jeep Renegade Sport 2.0 Diesel AT9 4×4
  • Jeep Renegade Lonjura 2.0 Diesel AT9 4×4
  • Jeep Renegade 75 Anos 2.0 Diesel AT9 4×4
  • Jeep Renegade Trailhawk 2.0 Diesel AT9 4×4

Renegade 2017: versões, preços, equipamentos, consumo, motor, revisão

Renegade 2017 – equipamentos

Jeep Renegade 1.8 Flex

Segurança: airbag duplo frontal, controle eletrônico de segurança, controle de tração, assistente de partida em rampas, freio de estacionamento eletrônico, freio a disco nas quatro rodas, Isofix com dois pontos de ancoragem para cadeirinhas infantis no banco traseiro, monitoramento de pressão dos pneus, encosto de cabeça e cinto de três pontos para os cinco ocupantes, luzes diurnas, entre outros.

Conforto: direção elétrica, ar-condicionado, vidros, travas e retrovisores elétricos, poste de direção com ajuste de fundura e profundidade, banco do motorista com regulagem de fundura, banco traseiro bipartido e rebatível, apoia-braço com porta-objetos, piloto automático, entre outros.

Visual e retoque: maçanetas e retrovisores na cor preta e rodas de aço de 16 polegadas.

Tecnologia: computador de bordo (intervalo, consumo médio, consumo momentâneo, autonomia, velocidade média e tempo de trajectória) e tela de instrumentos com tela TFT de 3,5 polegadas.

Jeep Renegade Sport

Segurança: recebe rebate, faróis de neblina e lanterna traseira de neblina.

Conforto: agrega banco do passageiro rebatível com porta-objetos sob o assento, sensor de estacionamento traseiro, entre outros.

Visual e retoque: inclui rodas de liga-leve e rack de teto.

Tecnologia: traz ainda comandos de som e Bluetooth no volante, sistema Uconnect e sistema de som com seis alto-falantes.

Jeep Renegade 75 Anos

Visual e retoque: oferece rodas de 17 polegadas, retoque em bronze nas sete fendas da grade frontal, nas molduras dos para-choques, rodas, rack de teto e logotipos Jeep, emblema individual, teto pintado em preto, bancos com revestimento em tecido e detalhes preto e costura dupla nas cores branco e laranja, entre outros.

Jeep Renegade Lonjura

Conforto: recebe aletas para trocas de marcha no volante, ar-condicionado automático do dedo de duas zonas e tomada 12V no porta-malas.

Visual e retoque: recebe maçanetas e retrovisores externos com pintura na cor do coche, rodas exclusivas de 17 polegadas, iluminação envolvente e volante com revestimento em epiderme.

Tecnologia: ganha câmera de ré e medial multimídia Uconnect com tela sensível ao toque de cinco polegadas e navegador GPS.

Jeep Renegade Limited

Conforto: traz chave presencial, partida do motor por botão, retrovisores externos com rebatimento elétrico, faróis com acendimento automático, espelho retrovisor interno eletrocrômico e sensor de chuva,

Visual e retoque: oferece faróis de xenônio, bancos revestidos em epiderme, rodas de liga-leve de 18 polegadas, teto com pintura na cor preta, grade frontal prateada, detalhes cromados, entre outros.

Tecnologia: ganha tela de instrumentos configurável em TFT pintado de sete polegadas.

Jeep Renegade Trailhawk

Segurança: em relação ao Limited, agrega airbags laterais, de cortinado e para os joelhos do motorista.

Visual e retoque: traz ganchos de reboque vermelhos na frente e detrás, suspensão off road com fundura mais elevada do solo, molduras do tela e console medial na cor vermelho rubi, adesivo anti-reflexivo no capô, protetor de assoalho, cárter, tanque de combustível e transmissão, entre outros.

Renegade 2017: versões, preços, equipamentos, consumo, motor, revisão

Renegade 2017 – preços

A seguir, você pode conferir os preços do Renegade 2017 quando ele era comercializado uma vez que 0 km pela Jeep entre os anos de 2016 e 2017:

  • Jeep Renegade 1.8 Flex MT5: R$ 72.990
  • Jeep Renegade Sport 1.8 Flex MT5: R$ 79.490
  • Jeep Renegade Sport 1.8 Flex AT6: R$ 85.990
  • Jeep Renegade 75 Anos 1.8 Flex AT6: R$ 88.890
  • Jeep Renegade Lonjura 1.8 Flex AT6: R$ 90.990
  • Jeep Renegade Limited 1.8 Flex AT6: R$ 97.990
  • Jeep Renegade Sport 2.0 Diesel AT9 4×4: R$ 115.990
  • Jeep Renegade Lonjura 2.0 Diesel AT9 4×4: R$ 123.490
  • Jeep Renegade 75 Anos 2.0 Diesel AT9 4×4: R$ 116.890
  • Jeep Renegade Trailhawk 2.0 Diesel AT9 4×4: R$ 136.990

Já aquém, os preços atuais do Renegade 2017 no mercado de seminovos e usados, de convenção com os dados da Tábua Fipe em agosto de 2020:

  • Jeep Renegade 1.8 Flex MT5: R$ 57.800
  • Jeep Renegade Sport 1.8 Flex MT5: R$ 56.000
  • Jeep Renegade Sport 1.8 Flex AT6: R$ 60.900
  • Jeep Renegade Lonjura 1.8 Flex AT6: R$ 64.500
  • Jeep Renegade Limited 1.8 Flex AT6: R$ 69.400
  • Jeep Renegade 75 Anos 1.8 Flex AT6: R$ 75.600
  • Jeep Renegade Sport 2.0 Diesel AT9 4×4: R$ 82.000
  • Jeep Renegade Lonjura 2.0 Diesel AT9 4×4: R$ 85.000
  • Jeep Renegade 75 Anos 2.0 Diesel AT9 4×4: R$ 84.700
  • Jeep Renegade Trailhawk 2.0 Diesel AT9 4×4: R$ 95.900

Renegade 2017 – cores

O Renegade traço 2017 foi comercializado no mercado brasiliano em diversas opções de cores. Veja aquém as tonalidades oferecidas pela Jeep na quadra:

  • Branco Envolvente
  • Cinza Antique
  • Laranja Aurora (exclusiva da versão Trailhawk)
  • Prata Melfi
  • Preto Carbon
  • Preto Shadow (configurações 1.8 e 1.8 Automático)
  • Verdejante Commando
  • Vermelho Colorado
  • Vermelho Tribal

Renegade 2017: versões, preços, equipamentos, consumo, motor, revisão

Renegade 2017 – motores

Depois de dois anos de mercado, o Jeep Renegade recebeu melhorias no motor 1.8 flex, com foco na potência e, sobretudo, na economia de combustível. O propulsor 1.8 E.torQ Flex recebeu o sobrenome “Evo”, devido a algumas evoluções aplicadas pela marca.

Entre as mudanças, recebeu um novo coletor de recepção variável, sistema de partida a indiferente sem tanquinho facilitar, alternador inteligente, petardo de combustível inteligente, óleos de grave atrito para motor e transmissão e sistema start/stop. Ainda entre as novidades, o Renegade Flex ganhou pneus “verdes” de baixa resistência a rolagem e indicador de troca de marchas no tela no padrão manual.

Com essas melhorias, o coche passou a entregar 135 cavalos de potência com gasolina e 139 cv com etanol, a 5.750 rpm. Já o torque subiu para 18,7 kgfm com gasolina e 19,3 kgfm com etanol, a 3.750 rpm.

Ele trabalha com um câmbio manual de cinco velocidades ou automático de seis marchas com conversor de torque. No Renegade Flex, a tração é sempre vanguarda.

Do outro lado, há o Renegade Diesel 2017. Levante padrão ostenta o propulsor 2.0 Multijet de quatro cilindros, movido a diesel. O motor usa recursos uma vez que turbocompressor, petardo de combustível de subida pressão (1.600 bar), injeção direta de combustível, entre outros.

O Renegade Diesel consegue gerar 170 cavalos de potência, a 3.750 rpm, e 35,7 kgfm de torque, a 1.750 rpm. Neste caso, a transmissão é sempre automática de nove marchas e tração 4×4.

Renegade 2017 – consumo

De convenção com os números divulgados pela Jeep, as médias de consumo do Renegade com gasolina, etanol e diesel são as seguintes:

Jeep Renegade 1.8 Flex MT

Gasolina

  • Consumo de 10,5 km/l na cidade;
  • Consumo de 11,2 km/l na estrada.

Etanol

  • Consumo de 7,3 km/l na cidade;
  • Consumo de 7,6 km/l na estrada.

Jeep Renegade 1.8 Flex AT

Gasolina

  • Consumo de 9,5 km/l na cidade;
  • Consumo de 10,9 km/l na estrada.

Etanol

  • Consumo de 6,5 km/l na cidade;
  • Consumo de 7,6 km/l na estrada.

Jeep Renegade 2.0 Diesel AT 4×4

Diesel

  • Consumo de 9,6 km/l na cidade;
  • Consumo de 11,4 km/l na estrada.

Renegade 2017: versões, preços, equipamentos, consumo, motor, revisão

Renegade 2017 – desempenho

A Jeep divulga os seguintes números de desempenho do Renegade na aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade máxima:

Jeep Renegade 1.8 Flex MT

Gasolina

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 10,5 segundos;
  • Velocidade máxima de 181 km/h.

Etanol

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 9,9 segundos;
  • Velocidade máxima de 183 km/h.

Jeep Renegade 1.8 Flex AT

Gasolina

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 11,9 segundos;
  • Velocidade máxima de 180 km/h.

Etanol

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 11,1 segundos;
  • Velocidade máxima de 182 km/h.

Jeep Renegade 2.0 Diesel AT 4×4

Diesel

  • Aceleração de 0 a 100 km/h em 9,9 segundos;
  • Velocidade máxima de 190 km/h.

Renegade 2017: versões, preços, equipamentos, consumo, motor, revisão

Renegade 2017 – revisões e manutenção

Ao contrário dos demais SUVs compactos do mesmo segmento e tira de preço, o Jeep Renegade não tem revisões a cada 10 milénio km rodados. No caso do Renegade Flex, as revisões acontecem a cada 12 milénio km, enquanto no Renegade Diesel as revisões são realizadas num pausa maior, de 20 milénio km.

Veja aquém os preços das revisões do Renegade Flex 2017 e também do Renegade Diesel 2017 (a partir de 3 anos de uso):

Jeep Renegade Flex

  • Revisão de 36.000 km ou 3 anos: R$ 1.014
  • Revisão de 48.000 km ou 4 anos: R$ 832
  • Revisão de 60.000 km ou 5 anos: R$ 1.472
  • Revisão de 72.000 km ou 6 anos: R$ 1.088

Jeep Renegade Diesel

  • Revisão de 60.000 km ou 3 anos: R$ 1.566
  • Revisão de 80.000 km ou 4 anos: R$ 1.365
  • Revisão de 100.000 km ou 5 anos: R$ 1.378
  • Revisão de 120.000 km ou 6 anos: R$ 2.506

Renegade 2017 – ficha técnica

Motor

1.8 Flex

2.0 Diesel

Tipo

Dianteiro transversal, Gasolina e Etanol

Dianteiro transversal, Turbo Diesel

Número de cilindros

4 em traço

4 em traço

Cilindrada em cm3

1.747

1.956

Válvulas

16

16

Taxa de compressão

12,5:1

16,5:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Direta

Potência Máxima

Gasolina: 135 cv a 5.750 rpm / Etanol: 139 cv a 5.750 rpm

Diesel: 170 cv a 3.750 rpm

Torque Sumo

Gasolina: 18,8 kgfm a 3.750 rpm / Etanol: 19,3 kgfm a 3.750 rpm

Diesel: 35,7 kgfm a 1.750 rpm

Transmissão

Tipo

Automático 6 marchas

Automático 9 marchas

Tração

Tipo

Vanguarda

4×4 com redução

Freios

Tipo

Disco ventilado / disco sólido

Disco ventilado / disco sólido

Direção

Tipo

Elétrica

Elétrica

Suspensão

Vanguarda

McPherson, independente com barra estabilizadora

McPherson, independente com barra estabilizadora

Traseira

McPherson, independente com barra estabilizadora

McPherson, independente com barra estabilizadora

Rodas e Pneus

Rodas

Liga-leve de 16, 17 ou 18 polegadas

Liga-leve de 17 ou 18 polegadas

Pneus

215/65 R16, 215/60 R17 e 225/55 R18

215/60 R17 / 225/55 R18

Dimensões

Comprimento totalidade (mm)

4.232

4.232

Largura sem retrovisores (mm)

1.798

1.798

Fundura (mm)

1.705

1.705

Intervalo entre os eixos (mm)

2.570

2.570

Capacidades

Porta-malas (litros)

278

260

Tanque (litros)

60

60

Trouxa útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

400

400

Peso em ordem de marcha (kg)

1.393 (MT) e 1.440 (AT6)

1.629

Coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx)

0,36

0,36

Renegade 2017 – fotos

Por , em 2020-08-14 11:17:39


Nascente www.noticiasautomotivas.com.br



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário