Funcionários do Sesc São Carlos confeccionam máscaras para população – cotidiano – [Blog da Solange Pereira]




Funcionários do Sesc São Carlos confeccionam máscaras para população. Foto: Divulgação/Sesc

Mesmo com as unidades fechadas desde março, o Sesc criou ações para minorar a crise sanitária que atinge o país. Em São Carlos (SP), uma equipe de 11 funcionários e costureiras do Programa Municipal de Economia Solidária está confeccionando máscaras de tecido pela campanha “Tecido Solidário”.

Criada pelo Sesc São Paulo, a campanha oferece a confecção de máscaras para distribuição comunitária gratuita para grupos em situação de vulnerabilidade, entidades assistenciais e funcionários de empresas do negócio e serviços.

Afastados de suas funções presenciais por conta da pandemia, os funcionários produzem as máscaras em suas casas, utilizando máquinas de costura próprias ou com equipamentos que eram usados em cursos e oficinas oferecidos na unidade do Sesc.

O processo inclui protocolo de boas práticas, seguindo as determinações das autoridades de saúde, e as máscaras produzidas já estão de concórdia com a mais atual recomendação da Organização Mundial de Saúde, possuindo três camadas: estrato exterior feita de material resistente à chuva, estrato intermediária em material sintético ou algodão e estrato interno em material que absorva a chuva.

A participação na campanha tem propiciado inúmeros aprendizados e experiências para os funcionários, porquê no caso a colaboradora da espaço cevar Janaína Malvina, que relatou que a dedicação na costura trouxe muito estar em um momento difícil.

“Aprendi com a costura e ainda formamos um grupo de funcionários e nos aproximamos muito, mesmo separados, trocamos informações, nos ajudamos, vibramos com o que conseguimos fazer. Ser capaz de aprender novas habilidades, gerar um pouco com relutância e que ainda vai proteger alguém, me deixou muito feliz, enfim proteção é uma forma de paixão”, relata Janaína Malvina, funcionária da espaço de sustento.

Para Sidney Silva, afeito com o trabalho na Médio de Atendimento, costurar tem sido um duelo e um aprendizagem. Ao saber sobre o projeto, ele quis participar no ato.

“Emprestei uma máquina do Sesc e comecei a treinar a costura a partir de algumas explicações e tutorial que recebi para a confecção da máscara. No início, fiz algumas que não ficaram muito boas, mas hoje já estão dentro do padrão necessário para serem usadas nas empresas e instituições que receberão as doações”, contou.

Protetores faciais
A partir de uma risco de produção do dedo instalada no Sesc Avenida Paulista, utilizando impressoras 3D, plástico biodegradável e máquinas de galanteio, que fazem segmento da infraestrutura do programa de Tecnologias e Artes, funcionários de diversas unidades do Sesc da capital têm produzido protetores faciais (face shield) em dois modelos diferentes, um talhado aos trabalhadores do serviço público de saúde e instituições de atendimento hospitalar sem fins lucrativos, e outro padrão direcionado a entidades assistenciais que atendem idosos, pessoas em situação de vulnerabilidade e pessoas com deficiência, nas cidades atendidas pelas unidades da instituição em todo o estado.

Obrigatórias e comprovadamente eficazes na proteção individual contra a propagação do Coronavírus, as máscaras e os protetores faciais (face shield), juntamente com panfleto educativo e embalagens plásticas para acondicionar separadamente máscaras limpas das usadas, neste primeiro momento, foram entregues para funcionários da Santa Moradia de São Carlos, aos colaboradores de empresas atendidas pelo Programa Sesc de Relacionamento com Empresas e para as instituições Nave Sal da Terreno, Nosso Lar, Acorde, e os abrigos Cantinho Fraterno e Dona Helena Dornfeld, cadastrados no Mesa Brasil Sesc.

Por , em 2020-07-25 16:06:00


Natividade www.acidadeon.com



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário