COSTUREIRA ENTREGA O FILHO À POLÍCIA APÓS ELE CONFESSAR ASSASSINATO – [Blog da Solange Pereira]

Juvenil de 16 anos afirma ter matado a tiros, na noite de terça-feira, rapaz de 19 anos






Uma mulher de 35 anos, modista, entregou o próprio fruto à polícia na noite desta terça-feira (21), em seguida ele, jovem, ser indigitado porquê principal suspeito do assassínio de um jovem de 19 anos, morador do bairro Chuva Branca, em Araçatuba.


O jovem de 16 anos confessou à Polícia Social ter matado a tiros João Pedro Santana Lima, facilitar de cozinha e fruto de um pastor responsável por uma igreja da Tertúlia de Deus na vivenda onde ocorreu o violação.


Em prova à polícia, o menor disse ter atentado contra a vida de João Pedro por pânico de ser cândido de alguma ação por segmento do facilitar de cozinha. Os dois foram detidos há pouco tempo sob denúncia de tráfico de drogas. Posteriormente serem soltos, o rapaz assassinado nesta terça-feira, na versão apresentada pelo jovem, o fazia ameaças, alegando ser o responsável por delatar o traje que levou um deles à prisão e outro à Instalação Morada.


A modista mão do jovem que confessou o assassínio decidiu por entregar o próprio fruto logo em seguida tomar conhecimento do que teria realizado e questioná-lo sobre a autoria. O rapaz confessou o violação à mãe, que de repentino ficou revoltada e chamou um carruagem de aplicativo com o qual os dois se deslocaram até a Médio de Flagrantes da Polícia Social.


O jovem foi apreendido em flagrante, sob denúncia de ter cometido ato infracional por homicídio, com qualificação de agir mediante. O rapaz de 17 anos ficou apreendido à disposição da Justiça e, nesta quarta-feira, deve ser guiado a uma unidade da Instalação Morada em Araçatuba.





Por , em 2020-04-22 12:53:43


Nascente 018news.com.br



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário