Viana do Castelo cria apoio para artistas que partilham cultura nas redes sociais – [Blog da Solange Pereira]

A Câmara de Viana do Fortaleza criou um fundo de 20 milénio euros para concordar artistas que, devido à pandemia de covid-19, têm partilhado cultura nas redes sociais sem retirarem favor financeiro desses projetos, informou hoje a autonomia.

Em enviado, a autonomia adiantou que o suporte agora criado “destina-se a artistas que não se encontram abrangidos pelas medidas previstas no Regulamento Municipal de Base ao Associativismo nem por Protocolos Culturais”.

As candidaturas ao programa de suporte a projetos culturais da Câmara de Viana do Fortaleza devem ser apresentadas de 27 de abril a 11 de maio, através do endereço eletrónico do município, sendo abrangidos os domínios das Artes Visuais, Artes Performativas, Artesanato, Literatura, Património Cinema e Audiovisual.

O município justificou a geração do suporte com o “contexto de imprevisibilidade resultante da pandemia de covid-19, de confinamento social, de um entrada à programação cultural muito restringido às redes sociais, e cônscio de que os artistas, apesar de uma presença permanente nas mesmas, não retiram favor financeiro desta partilha”.

Os artistas podem “enquadrar” as suas propostas culturais no ciclo “A Tua Residência” – Base a residências artísticas, realizadas na lar ou ateliê do artista, com vista à apresentação pública dos trabalhos, em data a agendar posteriormente, no ciclo “O Teu Teatro” – performances realizadas no Teatro Municipal Sá de Miranda e transmitidas em ‘streaming’, no ciclo “O Teu Olhar” – registo em imagem (retrato, cinema, etc.) da vida da comunidade vianense durante a pandemia, e no ciclo “A Tua Termo” – partilha de textos inéditos, em trova ou prosa, em formato do dedo”.

A nível global, segundo um balanço da AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 170 milénio mortos e infetou quase 2,5 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do núcleo da China.

Portugal regista 762 mortos associados à covid-19 em 21.379 casos confirmados de infeção, segundo o boletim quotidiano da Direção-Universal da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

Relativamente ao dia anterior, há mais 27 mortos (+2,5%) e mais 516 casos de infeção (+3,7%).

Das pessoas infetadas, 1.172 estão hospitalizadas, das quais 213 em unidades de cuidados intensivos, e o número de doentes curados aumentou 50,3%, de 610 para 917.

Portugal cumpre o terceiro período de 15 dias de estado de emergência, iniciado em 19 de março, e o decreto presidencial que prolongou a medida até 02 de maio prevê a possibilidade de uma “orifício gradual, faseada ou alternada de serviços, empresas ou estabelecimentos comerciais”.



Por , em 2020-04-21 15:42:30


Nascente ominho.pt



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário