Máscara de tecido vira oportunidade de renda extra – cotidiano – [Blog da Solange Pereira]


Máscaras de tecido são opções para se proteger contra a covid-19 (Foto: ACidadeON)

 
Com a recomendação para o uso de máscaras tem desenvolvido o número de costureiras que enxergaram um potencial de mercado e estão investindo na confecção do resultado em Araraquara.  

“Vi nesta urgência uma oportunidade. Comecei na semana passada e a procura está cada dia melhor”, diz a professora e artesã Vivian de Moraes. 

Nesta quarentena, Vivian divide seu dia entre as atividades da escola em que trabalha e a produção das máscaras. “Também estou indo detrás de tecido, porque com as lojas fechadas é preciso vincular e encomendar, mas o trabalho está crescendo”, diz. 

A modista Dagmar Cagliumi também está nesta produção. “A procura é grande e sempre quem compra leva mais de uma, para toda a família”, explica. Hoje Dagmar pega encomenda para entregar no prazo de três dias. 

Alessandra Fonseca também é modista e nesta quarentena está fazendo máscaras. “Tem sido uma opção para ajudar na renda”, diz. Ela reforça que as máscaras caseiras precisam de todo um desvelo, não podem ser usadas por mais de duas horas e devem ser lavadas com chuva e sabão e depois passadas a ferro. “A máscara serve para as pessoas não projetarem as gotículas de vírus”, diz ela.  

Alguns tecidos Alessandra diz que tem a pronta entrega, mas para quem quer qualquer padrão específico precisa esperar um tempo. “A pessoa pode vir buscar ou eu entrego através de um moto-táxi”, afirma. 
 
ORIENTAÇÃO
Em Araraquara, a orientação é para que todas as pessoas que precisam transpor nas ruas usem máscaras. As recomendadas são as máscaras de tecido, pois as cirúrgicas devem ser deixadas para profissionais da superfície da saúde. 

“A recomendação é que toda pessoa que precisar transpor de moradia por qualquer motivo use máscaras. As caseiras são as mais indicadas, já que as cirúrgicas são equipamentos de proteção para os profissionais da saúde”, reforça a secretária de Saúde, Eliana Honain. 

O Ministério da Saúde orienta que para ser eficiente uma vez que uma barreira física, a máscara caseira precisa ter pelo menos duas camadas de tecido, ou seja, dupla face. 

As máscaras caseiras podem ser feitas em tecido de algodão, tricoline, TNT ou outros tecidos, desde que desenhadas e higienizadas corretamente. O mais importante é que a máscara seja feita nas medidas corretas, cobrindo totalmente a boca e nariz, e que estejam muito ajustadas ao rosto, sem deixar espaços nas laterais. 

“As máscaras caseiras oferecem proteção, mas devem ser trocadas logo que estiverem úmidas, por isso, o ideal é cada pessoa ter mais de uma para fazer o rodízio”, diz a médica pneumologista Renata Arbex. 

ONDE ENCONTRAR 
Para quem está procurando uma máscara em Araraquara tem várias opções. As máscaras são feitas de tecidas e elástico e têm vários tamanhos e modelos e em Araraquara os preços costumam variar de R$ 5 a R$ 15 cada. 

Listamos algumas empreendedoras que estão costurando máscaras para vender. 

Alessandra Fonseca: (16) 99737-2733
Barbara Sobreira: (16) 98801-2188 @_atelie_da_babi
Dagmar Cagliumi: (16) 99992-2365
Vivian Moraes: (16) 99964-1148 @caprichosmanecolo
Gabriela Baptistini: (16) 997119885 @ella_atelie
Elza Cardoso: (16) 997766108
Eliza Torresani: (16) 99730-8153
Maria Mendes: (16) 99962-3461
Nilva Bergamin: (16) 99776-1690
Angelina Ricci: (16) 99764-3326 @angelinaricci 
Cleusa de Oliveira: (16)  991785795
Barra e CIA: (16) 99716-1077 @barraecia

Por , em 2020-04-21 10:40:00


Natividade www.acidadeon.com



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário