Reeducandos de Barra do Garças vão produzir máscaras de proteção – [Blog da Solange Pereira]

TJMT

Reeducandos do Núcleo de Ressocialização de Barra do Garças começam na próxima semana a produzir máscaras de proteção respiratória, que auxiliam a prevenir o contágio pelo coronavírus.

A experiência da penitenciária com confecção não é novidade, já que há mais de cinco anos foi instalado na unidade um parque de produção, com 12 máquinas de costura.

Os presos já confeccionam aventais e roupa de leito para hospitais públicos da região, além de uniformes para alunos da rede municipal.

A teoria de confeccionar máscaras surgiu em razão da pandemia do coronavírus, que fez desvanecer do mercado os três tipos de máscaras mais comuns: a N95, de proteção respiratória, com formato de ponta de pato de uso hospitalar; as cirúrgicas, também de uso hospitalar; e até as caseiras.

Além de manter os recuperandos em atividade laboral, a confecção das máscaras tem um objetivo social, já que elas serão distribuídas para pessoas que exercem atividades de risco de contaminação.

De congraçamento com o Pensamento de Realização Penal de Barra do Garças, as máscaras produzidas no CRC serão doadas primeiramente aos agentes penitenciários e aos presos que exercem atividades dentro da unidade, porquê os responsáveis pela sustento.

A intenção é estender essa doação a outros profissionais que exercem atividades com maior risco de contrair a Covid-19, porquê policiais militares, bombeiros, policiais civis e até bancários. Isso porque em função do auxílio do governo aos autônomos, a sucursal da Caixa Econômica do município tem registrado filas e aglomeração, aumentando os riscos para os funcionários.

A direção da unidade prisional informou que foi adquirido para a confecção das máscaras um tecido misto de algodão e poliéster, de cor branca, que atende as especificações editadas pelo Ministério da Saúde.

Disse ainda que a previsão de recebimento do material é dia 22 de abril e que, logo em seguida o recebimento, será iniciada a atividade de confecção.

O material adquirido é suficiente para a produção de aproximadamente 4.200 máscaras. Enquanto o material não chega, os presos têm feito testes de produção com tecido generalidade.



Por , em 2020-04-19 12:00:00


Manancial matogrossomais.com.br



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário