Em BH, 70 costureiras fabricam máscaras para distribuir em hospitais e para famílias pobres | Jornal Nacional – [Blog da Solange Pereira]

Em praticamente metade das capitais estaduais, o uso da máscara passou a ser obrigatório – ou recomendável. Belo Horizonte é uma delas.

A máquina de costura da modista Maria de Lourdes Feitosa voltou a funcionar depois de quase um mês paragem por culpa da pandemia.

“Porquê não estava tendo serviço, aí estava sem numerário, logo isso cá apareceu na hora”, contou.

Ela faz secção de um grupo de 70 costureiras autônomas de Belo Horizonte que trabalham para o projeto criado pela professora Rita de Castro Angler, que fabrica máscaras para repartir em hospitais e para famílias pobres.

“A gente tem, assim, quase 50 empresas do mundo da voga cá de Belo Horizonte que estão ajudando. Cada uma fazendo o seu melhor”, explicou Rita, que é professora do doutorado da UEMG.

A confecção da Isabela entrou na campanha.

“Nossa empresa recebe esses tecidos. Nós fazemos o namoro, dividimos”, contou Isabela Paes Lemes, dona de confecção.

Militares do tropa levam o material para as costureiras e, na mesma viagem, buscam as máscaras prontas.

A teoria inicial era fabricar um milhão de máscaras, mas essa premência deve aumentar porque várias cidades estão decretando a obrigatoriedade do uso de máscaras nas ruas. O da prefeitura de BH saiu nesta sexta (17). A partir de quarta-feira (22) da semana que vem, transpor na rua só de máscara. Alguém já se antecipou e protegeu as estátuas de Carlos Drummond de Andrade e Pedro Nava que, além de plumitivo, também era médico. Um gesto simbólico que ajuda a publicar a prestígio dessa proteção.

O governador Romeu Zema, do Novo, sancionou nesta sexta-feira (17) uma lei que determina que todo funcionário público e privado vai ser obrigado a usar máscara durante o expediente a partir deste sábado (18). E o empregador tem que fornecer o inferior.

O infectologista Antônio Carlos Toledo explica porquê usá-las corretamente.

“O primeiro passo é prometer que as minhas mãos estão limpas, para que eu possa colocar a máscara. Eu posso lavar ou posso usar álcool. Portanto minha mão limpa na secção limpa da máscara. O lado da máscara está sujo, eu vou mexer na máscara para ajustar, ela tem que deter a secção do nariz, você pode ajustar. Quem usa óculos pode colocar por cima”, explicou.

Se for tirar a máscara rapidamente, precisa ter zelo.

“Eu não posso colocar a máscara em outro lugar, o que é o erro mais geral, coloco a máscara cá. O que acontece: eu estou contaminando minha pele com a secção de dentro da máscara, que está suja de secreção respiratória. Vou fazer o que preciso fazer. Vou tomar chuva, vou me fomentar e tal. Aí se é uma máscara que eu posso reutilizar, que ela está seca, aí posso colocar do mesmo jeito. Higienizar a mão e colocar a máscara. Mas, depois que colocar a máscara, eu tenho que lavar a mão, porque a mão ficou suja”, detalhou.

Por , em 2020-04-17 23:04:00


Nascente g1.orbe.com



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário