Costurar para combater a pandemia – [Blog da Solange Pereira]

Costurar pode ser uma boa forma de ocupar nascente período de isolamento social. Ou por outra, é extremamente útil. Seja para fazer máscaras, para remendar a roupa que temos em lar, para fazer roupa novidade ou até para ajudar quem mais precisa. Para isso, o Atelier de Costura Portuense dá uma ajuda e uma boa ração de inspiração.

“Saber costurar neste momento é uma mais-valia”, diz-nos Marina Sousa, designer e mentora do Atelier de Costura Portuense. “Para além de nos manter ocupados, continuamos a estimular a originalidade, concentração e até mesmo a motivação, que com o passar do tempo começa a ser mais difícil de manter. Mas gerar coisas novas e úteis pode ser uma forma de ultrapassar nascente momento de dificuldade, e também uma forma de poupar. Em vez de comprar, porque não costurar?”

“Numa primeira temporada do isolamento, decidimos parar para reflectir um pouco sobre o que poderíamos fazer, de consonância com o que achamos mais congruente com esta temporada. Fomos divulgando alguns conteúdos DIY no nosso Instagram, para que as pessoas em universal se sentissem motivadas e apoiadas, com um passo a passo simples e jocoso”, refere Marina.

Recentemente lançaram o primeiro molde em formato do dedo, a blusa Aliados. Está disponível gratuitamente para as alunas presentemente inscritas no Atelier e para as restantes pessoas tem um dispêndio de 5€. “Queremos continuar com esta teoria de peças simples, fáceis de imprimir em lar e que não acarretem muitos custos. Ao sábado também temos reunido com algumas das nossas alunas pelo Zoom, para tirar dúvidas e pôr a conversa em dia”, conta.

blusa Aliados

 

 


Saber costurar também é um ofício valioso nesta fundura para ajudar quem precisa. “Temos feito muito trabalho voluntário. Sentimos que agora é o momento de focar no mais importante, que é ajudar os profissionais de saúde e todas as pessoas que estão na risco da frente a zelar pela nossa segurança e bem-estar. Estamos a ajudar o Grupo Setentrião na produção de material hospitalar de protecção individual”, diz Marina Sousa. “Temos também produzido máscaras para amigos e familiares para uso pessoal. Desta forma, a costura faz-nos sentir úteis e activos neste combate à pandemia.” Para isso, disponibilizaram um tutorial no Instagram para aprender a costurar uma máscara têxtil em lar, que deve ser lavada e passada a ferro depois de usar.

Para quem precisar de comprar tecidos ou material de costura, Marina sugere lojas online porquê a ilovekutchi, Retrosaria Rosa Pomar e Serafina, “porque são nacionais, de pequenos comércios, o envio é rápido e os produtos são de boa qualidade”.

O Atelier de Costura Portuense nasceu em 2012 para ensinar toda a gente a costurar, desde as técnicas mais básicas às mais complexas. Ensinam a fazer vestuário, decoração e até enxovais para recém-nascido. Enquanto o espaço na Rua da Picaria não puder perfurar para os habituais cursos e workshops, siga as propostas online no site, Facebook e Instagram.

 

Aprenda a fazer máscaras

 

 


+ Leia cá a edição desta semana da Time In Portugal

+ Conheça as marcas de tendência que estão a concordar os profissionais de saúde

Fique a par do que acontece na sua cidade. Subscreva a nossa newsletter e receba as notícias no email.



Por , em 2020-04-16 08:37:00


Natividade www.timeout.pt



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário