SIC Notícias | Marcas de alta costura produzem máscaras de proteção contra a Covid-19 – [Blog da Solange Pereira]

A Louis Vuitton, Burberry e Chanel, conhecidas pelas produções de subida costura, estão agora a fabricar material de proteção contra a Covid-19.

A rápida disseminação do vírus desde dezembro provocou uma enorme procura de máscaras e material de proteção. E estas marcas colocaram os conhecimentos e recursos que têm ao serviço da saúde.

A Louis Vuitton diz estar a produzir o que consegue para fazer chegar a profissionais de saúde. As fábricas, em França, foram reorganizadas e estão a produzir “centenas de milhares de máscaras não cirúrgicas” para os profissionais de saúde.

“Com esta iniciativa vão ser doados os equipamentos de proteção necessários aos profissionais de saúde da risca de frente. Obrigado às centenas de pessoas que se ofereceram para fazer estas máscaras, muito porquê a todos que estão fazer secção do combate à pandemia.”

A Louis Vuitton, para além de máscaras, também está a produzir aventais hospitalares que vão ser doados a seis hospitais parisienses. Estão a ser criados por voluntários para médicos que combatem a Covid-19 na risca da frente.

A Burberry, uma conhecida marca britânica, também ajustou a produção fabrica e começou a produzir máscaras. Serão entegues ao Serviço Vernáculo de Saúde britânico o quanto antes.

A produção está a ser acelerada para que seja verosímil a entrega de “100.000 máscaras cirúrgicas ao Serviço Vernáculo de Saúde do Reino Unificado”.

A marca avançou também estava a ajustar a fábrica de gabardines em Castleford, Yorkshire, para fazer roupas e máscaras não cirúrgicas para pacientes nos hospitais do Reino Unificado.

Para além das máscaras e roupa hospitalar, a Burberry está a financiar pesquisas sobre uma vacina de ração única desenvolvida pela Universidade de Oxford, que está em vias de principiar a ser testada. E ainda a fazer doações para instituições dedicadas a a combater a pobreza nutrir em todo o Reino Unificado.

A Chanel também se junta às outras duas marcas e está a fabricar máscaras, porquê conta a CNN.

A marca está a esperar a aprovação de matérias-primas e protótipos, para que os costureiros, normalmente habituados a desenvolver coleções de subida costura, possam principiar a fazer máscaras faciais e roupas de hospital.

A marca italiana Prada, que deixou uma fábrica oportunidade especificamente para produzir material de proteção, já começou em março a fabricar.

Estão a produzir 80.000 aventais médicos e 110.000 máscaras para profissionais de saúde na região da Toscana.

ESPECIAL NOVO CORONAVÍRUS

Por , em 2020-04-15 13:04:00


Natividade sicnoticias.pt



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário