Marcas de alta-costura fabricam máscaras contra o coronavírus para profissionais da saúde – [Blog da Solange Pereira]

Grandes marcas mundiais de roupas uma vez que Louis Vuitton, Chanel e Burberry, dividiram o seu tempo entre fazer bolsas, vestidos e sapatos para produzir máscaras, luvas e roupas de proteção para quem está na risca de frente da pandemia do novo coronavírus. A Covid-19 já infectou mais de 1,9 milhão de pessoas e matou pelo menos 119 milénio em todo o mundo, segundo a Universidade Johns Hopkins.

Desabafo: Coronavírus: Enfermeira relata drama em NY: ‘Farta de entrar em quartos e ver pacientes mortos’

A marca francesa ouis Vuitton disse que está se unindo aos esforços globais para produzir mais suprimentos para proteger os profissionais de saúde. A empresa, via Instagram, afirmou que reformou várias de suas oficinas em toda a França para “produzir centenas de milhares de máscaras não cirúrgicas” para os profissionais de saúde.

Reecontro de par idoso: Casados há 52 anos, idosos na Itália vencem o coronavírus e amplexo de reencontro viraliza

“Esta iniciativa doará o equipamento de proteção necessário para os profissionais de saúde da risca de frente. Obrigado às centenas de artesãos que se ofereceram para produzir essas máscaras, muito uma vez que a todos que fazem a sua secção para combater essa pandemia global”, disse a empresa na rede social.

A marca disse, ainda, que estava fabricando e doando milhares de roupas hospitalares para seis hospitais de Paris, com urgência urgente de equipamentos de proteção.

Burberry e Chanel também ajudam

A marca de voga britânica Burberry também articulou secção de suas máquinas de produção de voga para fazer máscaras. A empresa disse que estava usando sua cárcere de suprimentos global “para correr a entrega de 100 milénio máscaras cirúrgicas ao Serviço Pátrio de Saúde do Reino Unificado, para uso da equipe médica”.

Brinde à vida: Idosos usam bambus para ofertar em sacadas na quarentena do coronavírus, na Itália

Conhecida por seus casacos icônicos, a Burberry disse que estava adaptando novamente sua fábrica de trench coat em Castleford, Yorkshire, para fazer roupas e máscaras não cirúrgicas para pacientes nos hospitais do Reino Unificado.

Idosa pede cerveja: Coronavírus: Idosa de 93 anos viraliza ao pedir que vizinhos comprem cerveja

Outra lendária morada de voga francesa, a Chanel, disse que está contribuindo para o esforço fazendo máscaras. A marca informou que, no mês pretérito, estava buscando aprovação para matérias-primas e protótipos, para que seus especialistas em costura, que normalmente fazem as coleções de alta-costura, pudessem principiar a fazer máscaras faciais e roupas de hospital.



Por , em 2020-04-15 10:33:12


Manancial extra.orbe.com



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário