Você sabe como deve ser a máscara de tecido? Veja como fazer e a forma certa de usar Jornal da Manhã – [Blog da Solange Pereira]




Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero – entrando agora ganhe Moldes grátis para imprimir + aula de teste.




08/04/2020 – 11:24:12.
– Por Daniela Brito

Última atualização: 08/04/2020 – 11:25:44.

A partir da próxima segunda-feira (13), o uso de máscaras será obrigatório em vários locais uma vez que supermercados, açougues e até no transporte coletivo em Uberaba. Porquê as máscaras cirúrgicas são recomendadas preferencialmente ao uso dos profissionais de saúde, a opção é utilizar o protótipo de tecido.

A obrigatoriedade abre um novo segmento no mercado. Em Uberaba, costureiras e empresas investem na confecção do resultado para comercialização, que vem sendo muito procurado pela população. 

A modista Daniela Oliveira Rodrigues já produzia máscaras de tecido para outros profissionais das áreas de odontologia, culinária entre outros, porém viu a demanda aumentar com a pandemia. “No primícias houve críticas sobre o uso da máscara de tecido por não ser descartável e sim reutilizável”, lembra a profissional. Porém, a modista diz que a partir do momento que o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, anunciou a liberação do uso da máscara de tecido “as pessoas tiveram maior justificação e aceitaram a máscara de tecido”.

Importa ressaltar que a orientação de Mandetta e do Ministério da Saúde indica as máscaras de tecido para quem não apresenta sintomas de Covid-19, sendo uma “proteção por barreira” sobretudo para quem não tem outra selecção.

Daniela diz que o tecido ideal para as máscaras é o algodão, que permite que a respire normalmente. Outrossim, o resultado é lavável, pode ser reutilizável. “É uma máscara que precisa ser lavada com sabão, não é necessário chuva sanitária, passada no ferro quente para o retorno do uso”, orienta.

Atualmente, a modista produz em torno de 50 máscaras por semana e, com a reabertura do negócio, as encomendas aumentaram. “Agora os empresários estão fazendo pedidos maiores pois estão se organizando para o retorno às atividades com restrições”, afirma. Ainda segundo ela, várias costureiras estão empenhadas na confecção e já falta elásticos no mercado, resultado necessário para a produção.

Na Pelágico Confecções, a demanda está tão grande por secção de empresas quanto de pessoas físicas, que procuram máscaras para uso próprio e até para revenda do resultado. A empresa já produziu em torno de 50 milénio unidades de máscaras, atendendo pedidos de Uberaba e região. “A procura está sendo gigantesca, tanto que estamos solicitando prazo para a entrega dos pedidos, que podem demorar de sete a dez dias”, diz o vendedor Maycon Douglas Ferreira Pedrosa. Segundo ele, o resultado é feito dentro das recomendações técnicas da Anvisa, com o TNT, em categoria tripla e ajuste nasal. “As máscaras também suportam tranquilamente dez lavagens, sem que a chuva passe pelo tecido”, diz. O vendedor diz que a demanda mostra a preocupação da população, que vem tentando se proteger da Covid-19. “Isso que é importante”, afirma.

Na Pretna’s Uniformes Profissionais e Corporativos, as encomendas também aumentaram consideravelmente, conforme revelam as proprietárias, Maria Morais e Sebastiana Silva. A empresa já produzia o resultado. Com todo o estoque vendido, as encomendas cresceram consideravelmente. 

Veja uma vez que colocar sua máscara, segundo a OMS:

SAIBA COMO FAZER A SUA MÁSCARA 

(Instruções do Ministério da Saúde)

  • Em primeiro lugar, é preciso expressar que a máscara é individual. Não pode ser dividida com ninguém, nem com mãe, fruto, irmão, marido, esposa etc. Logo se a sua família é grande, saiba que cada um tem que ter a sua máscara, ou máscaras;
  • A máscara deve ser usada por tapume de duas horas. Depois desse tempo, é preciso trocar. Logo, o ideal é que cada pessoa tenha pelo menos duas máscaras de tecido;
  • Mas atenção: a máscara serve de barreira física ao vírus. Por isso, é preciso que ela tenha pelo menos duas camadas de tecido, ou seja, dupla face;
  • Também é importante ter elásticos ou tiras para amarrar supra das orelhas e inferior da nuca. Desse jeito, o tecido estará sempre protegendo a boca e o nariz e não restarão espaços no rosto;
  • Use a máscara sempre que precisar trespassar de morada. Saia sempre com pelo menos uma suplente e ligeiro uma sacola para zelar a máscara suja, quando precisar trocar;
  • Chegando em morada, lave as máscaras usadas com chuva sanitária. Deixe de molho por tapume de dez minutos;
  • Para executar essa missão de proteção contra o coronavírus, serve qualquer pedaço de tecido, vale desmanchar aquela camisa velha, calça antiga, cueca, cortinado, o que for.

 

Leia mais

Por , em 2020-04-08 11:24:12


Manancial jmonline.com.br



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário