Artesã de Corumbá transforma garagem de casa em ateliê para confeccionar máscaras – [Blog da Solange Pereira]




Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero – entrando agora ganhe Moldes grátis para imprimir + aula de teste.

Leonardo Cabral em 08 de Abril de 2020

Divulgação

Negranara disse que diante de tudo que o mundo passa, espera por dias melhores

As milhares de mortes em diferentes países, no Brasil e em Mato Grosso do Sul, por culpa do novo coronavírus, trazem  as incertezas de uma doença que vem causando pânico, pavor e privando famílias do convívio quotidiano mais próximo. Mas, algumas pessoas decidiram ajudar a combater a pandemia, através de um equipamento de proteção simples, mas hoje necessário: a máscara.

Desde o início dos casos, ainda em terras orientais, foram elas que garantiram que muitas pessoas se protegessem. E pensando em contribuir na prevenção da covid-19, a artesã Nara Nazareth Lima Monteiro, mais conhecida em Corumbá uma vez que “Negranara”, que também é Coordenadora Estadual do Movimento Preto Unificado – MNU, resolveu se destinar à confecção de máscaras.

E fez da garagem de sua residência, o ateliê para a confecção de inúmeras máscaras. São horas sentada, frente à máquina de costura que começa ao despertar e segue até onde a força física dá para seguir com o trabalho.

“Desde que comecei a confeccionar as máscaras, levanto cedo, e já vou para a frente da máquina de costura. Tive a teoria depois que tudo parou, pois uma vez que sou artesã, faço a confecção de bonecas negras e uma vez que estava em mansão, já havia produzido muito, geminado a costura das bonecas. Portanto, pensei: ‘por que não fazer um pouco para ajudar as pessoas que se encontram em vulnerabilidade e até mesmo os profissionais envolvidos com esse público?’; Foi quando eu passei em frente ao CRAS e vi uma fileira imensa de pessoas, boa secção idosos, público de risco, que estavam detrás de informações sobre os benefícios sociais concedidos pelo governo”, relatou Negranara ao Quotidiano Corumbaense

Ela comentou a teoria com uma amiga e, para sua surpresa, recebeu dela tecidos de algodão para iniciar a colocar a confecção. “Sei que a máscara não é suficiente para moderar a doença, mas ajuda na prevenção. Ainda mais pelo vestimenta dela ser de tecido, a pessoa tem que fazer o uso e a limpeza correta. Nos últimos dias, há pessoas aglomeradas em filas e que não respeitam as orientações, uma vez que manter a intervalo entre elas. Isso me preocupa e me fez usar esse dom da costura, para ajudar quem precisa, independente da raça, cor, situação financeira”, completou Nara Nazareth.

Divulgação

Máscaras são doadas para pessoas em vulnerabilidade social e profissionais que atuam na risca de frente contra a doença

Durante a produção, há todo um zelo para seguir as orientações de Saúde, até chegar às mãos dos que recebem as máscaras. “Procuro usar o supremo de higiene. Depois de prontas, respingo todas com álcool, embalo e faço a doação. Cobrar não, pois sei que com essa atitude, estou ajudando na prevenção, mostrando que todos temos a responsabilidade diante dessa pandemia, no que se refere a conscientização”, disse.

Até agora, Negranara já confeccionou mais de 120 máscaras. Ela leva as máscaras para pessoas idosas e também para profissionais que estão na risca de frente no combate à covid-19, uma vez que os da extensão de Saúde e do próprio CRAS. Para as famílias em vulnerabilidade social, ela tem suporte de algumas pessoas para que o material de proteção chegue até elas.

“Precisamos seguir em frente, mesmo correndo riscos, é preciso ir detrás e confiar em dias melhores. O mínimo que podemos fazer é nos doar um pouco sem transpor de mansão. É só querer. Temos o mundo chorando e o varão sempre pensando na ganância, infelizmente. Por isso, o pouco que puder fazer para amenizar essa situação, vou em frente”, declarou a artesã que agradece o suporte de amigos que estão doando tecidos para a confecção das máscaras.

Aos interessados em doar os tecidos, Negranara pede que entrem em contato pelo telefone (67) 99667- 4034.



Por , em 2020-04-08 10:12:44


Natividade diarionline.com.br



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário