Educadora AM – Pré-candidata em Limeira usa nome de hospital sem autorização para campanha de máscaras – [Blog da Solange Pereira]




Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero – entrando agora ganhe Moldes grátis para imprimir + aula de teste.

Provedor da Santa Lar de Limeira diz que ato é só e não foi autorizado pelo hospital, que precisa de ajuda financeira


Por Redação Educadora

Publicado 06/04/2020

Foto: Divulgação/Câmara de Limeira

A vereadora Mayra Costa (Cidadania) tem feito campanha em nome da Santa Lar de Limeira para invocar costureiras que possam confeccionar máscaras para o hospital.

Diz a postagem, com assinatura dela, que se coloca porquê pré-candidata à Prefeitura de Limeira, que as máscaras serão usadas por profissionais da saúde e pacientes. Veja a postagem:

O provedor da Santa Lar de Limeira, José Roberto Piccinin, diz que oriente ato é só e não foi autorizado pelo hospital, pois os profissionais da saúde precisam de máscaras específicas e autorizadas pela Anvisa para poder mourejar diretamente com os pacientes. A Santa Lar necessita de ajuda, mas precisa de doações em moeda para poder comprar os insumos necessários para o atendimento neste período de pandemia. Veja porquê ajudar.

O provedor da Santa Lar deu os seguintes esclarecimentos:

A Santa Lar de Limeira pediu ajuda financeira para quem puder colaborar para que o hospital possa comprar as máscaras. As máscaras que necessitamos usar dentro da Santa Lar para atendimento da população e funcionários têm que ser máscaras de EPI, com aprovação da Anvisa. A campanha está clara: é campanha de doação financeira porque temos de comprar a máscara correta. Quem tem máscara em morada, com autorização da Anvisa, serve, sim. Aceitamos.
As máscaras que as pessoas estão doando de TNT, também servem. Estas estão sendo oferecidas às pessoas que fazem visitante ao hospital. Mas, para os profissionais da saúde, que têm contato direto com pacientes, precisa ser máscara peculiar, adequada, com autorização da Anvisa.
Em nenhum momento estamos pedindo modista. As que ligaram e perguntaram se podem fazer máscara de TNT, respondemos positivamente e agradecemos, mas a Santa Lar em nenhum momento fez chamada de costureiras para fazer máscaras para o hospital. Talvez estejam fazendo isto para ajudar, mas acabou colocando o nome junto.
É a primeira situação assim. Muitas pessoas estão ajudando e não estão colocando nomes nas iniciativas. A Santa Lar, quando precisa de ajuda, faz a publicação solene no site e na página no Facebook do hospital. As pessoas normalmente compartilham e pedem ajuda. É o que precisamos. Esse [que envolve Mayra Costa] foi um ato só e não foi autorizado pela Santa Lar
“.

Até o fechamento desta reportagem, a vereadora Mayra Costa não havia respondido aos questionamentos da Educadora.



Por , em 2020-04-06 19:20:31


Manancial educadoraam.com.br



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário