Noiva que foi pedida em casamento por meio de mensagem ganha vestido – [Blog da Solange Pereira]

Frontaria de prédio desenhado por Oscar Niemeyer, no núcleo de BH, projetou pedido de união durante período de isolamento da população por justificação da pandemia da Covid-19

Depois de ter impresso em sua frente orientações, mensagens de ânimo e manchetes de jornais durante a pandemia, o Prédio JK, no núcleo de Belo Horizonte, virou também outdoor para um pedido de enlace. “Quer matrimoniar comigo, Sarah?” foi a mensagem que o empreendedor do dedo Wildson Silva Caldeira, 27, usou para surpreender a namorada  e empreendedora do dedo e nutricional Sarah Elisa Gomes, 28, em seguida seis anos de relacionamento. O sucesso foi tanto que o Ateliê Sonho Verosímil vai presentear a prometida com o vestido para o grande dia.

Uma das sócias do ateliê, Isis Henrique, conta que bastaram poucas horas em seguida a empresa solicitar ajuda para encontrar Sarah pelas redes sociais para que a prometida fosse localizada e também dissesse “sim”, aceitando o presente. “Neste momento de quarentena que a gente está vivendo, ele conseguiu surpreender a gente. Nós achamos essa atitude muito formosa e pensamos em surpreender também para espalhar uma mensagem positiva de mais paixão e incentivar mais ainda essas atitudes, não só de pedidos de enlace”, afirma.

Isis diz ainda que o ateliê tem três anos e faz vestidos sob medida, participando desde a concepção de uma vez que a prometida sonha em se vestir no dia do enlace até a escolha dos tecidos. Segundo ela, em universal, a produção começa pelo menos sete meses antes da data do enlace. “Agora, durante a quarentena, estamos fazendo alguns atendimentos por chamada de vídeo. Já combinamos uma relação com Sarah para conhecê-la um pouco e  conversar sobre essa situação e saber o que ela espera”, relata.

O pedido. Caldeira conta uma vez que foi o início do namoro até eles se mudarem para o JK, em janeiro deste ano: “Eu sou de Montes Claros, e ela, de Mentor Lafaiete. Em 2011, fui fazer engenharia mecânica em Ouro Preto. Em agosto de 2011, fizemos atividades de escoteiros juntos. Nós nos conhecemos e nos encontramos algumas vezes. Fizemos intercâmbio, eu na Alemanha, e ela, na Irlanda. Ela passou Réveillon comigo em Berlim, e começamos a namorar”.

O nubente diz que já tinha comprado o argola, que estava guardado com ele havia algumas semanas. “Nunca tive uma teoria legítimo; a oportunidade mais geral era fazer o pedido em um restaurante. Mas aconteceu de o coronavírus chegar, e a gente permanecer trancado em morada. Começaram a nascer as mensagens. A gente gostava de ver as mensagens – houve uma, do Guimarães Rosa, meu responsável preposto, que me inspirou mais. Foi passando o tempo e, logo, me veio essa teoria. E deu visível!”, comemora.

Segundo o empreendedor, na hora do pedido, a emoção tomou conta. “Foi muito legítimo, a gente chorou bastante. Passou a noite comemorando. Alguns amigos ligaram pra gente. Mensagens, eu já perdi as contas de quantas recebi. As pessoas estão muito felizes com essa mensagem de paixão. A todo momento, é só notícia de morte. As pessoas estão precisando de notícias boas para respirar e ver que a vida continua, que podem continuar espalhando paixão. Não era a intenção. A intenção era de um romântico, mas acaba que espalhamos paixão”, reconhece.

Os planos dos dois é que se casem no termo deste ano ou no início de 2021. As projeções feitas no prédio de 36 andares desenhado por Oscar Niemeyer são uma teoria do grupo Viva JK.



Por , em 2020-04-03 04:00:00


Manancial www.otempo.com.br



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário