Famílias recebem kits com alimentos nas escolas em São Leopoldo – Região – [Blog da Solange Pereira]




Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero – entrando agora ganhe Moldes grátis para imprimir + aula de teste.




Joseane Mendes, 33, mãe de Brayan, 9, que estuda na EMEF Castro Alves, retirou o kit para sua família, ontem

Foto: Priscila Carvalho/GES-Especial


“Nossa, vai ser muito bom pra nós. Foi uma boa iniciativa deles”, exclamou Joseane Mendes, 33. Na segunda-feira, ela foi uma das mães que recebeu o kit de sustento distribuído para todos os estudantes das Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs) leopoldenses, do qual as famílias são beneficiárias do Programa Bolsa Família. A iniciativa foi organizada pela Prefeitura de São Leopoldo, que já havia começado a ação em 20 educandários, na semana passada. Ontem e hoje, as demais instituições da rede municipal de ensino entraram no cronograma de entrega.

CONTEÚDO ABERTO | Leia todas as notícias sobre coronavírus

“Eu estou desempregada e meu marido trabalha num restaurante, que não está abrindo por justificação do decreto, portanto, para nós, vai fazer muita diferença esse kit”, argumentou Joseane, que foi buscar os mantimentos na EMEF Castro Alves, onde o rebento Brayan, 9, estuda. “Ele sente falta da escola, mas é asmático, faz secção do grupo de risco da doença. Por isso, não deixo ele transpor pra recrear. Ajudamos ele nos deveres que a escola passa, brincamos, cuido muito”, completou a mãe, sobre a preocupação com o coronavírus.

Diferença

A Castro Alves era a escola leopoldense com mais kits para serem entregues na cidade, somando 259 sacolas básicas, com produtos porquê arroz, feijoeiro, farinha, açúcar, volume, bolachas, entre outros. Para famílias com um aluno matriculado, um kit foi entregue e, para aquelas com dois estudantes ou mais, foram disponibilizados dois kits.

Caso da avó Ana Izabel Corrêa de Oliveira, 63, que tem netos na Castro Alves. Ontem, dois deles, João Pedro, 14, e José Emanuel, 13, a ajudaram a carregar os dois kits que receberam. “São nove pessoas na minha moradia. Nossa renda é da minha aposentadoria e da minha filha, que trabalha num mercado. Pra nós, vai fazer bastante diferença”, avaliou Ana.

Na moradia da modista Ivanir Terezinha Garzon Feldmann, 47, o kit recebido também vai ajudar muito. “Estou sem trabalho, porque sou autônoma e a empresa pra onde eu costuro parou”, contou. Em moradia, a filha Isadora, 8, sente saudades da Castro. “Ela manda áudio para a professora todo os dias. Mas a professora é muito boa, manda atividades, tarefas pra eles fazerem em moradia.”

Outras 11 escolas entregam kits nesta terça

Hoje, as escolas que realizarão a entrega dos kits são: Arthur Ostermann (68), Barão do Rio Branco (80), Borges de Medeiros (41), Irmão Weibert (40), Maria Emília de Paula (39), Paul Harris (100), Emílio Meyer (134), Maria Gusmão Britto (41), Otília Rieth (108), Senador Alberto Pasqualini (41) e Senador Salso Fruto (72). Para retirar o kit, é preciso ir entre meio-dia e 15 horas e apresentar documento de identidade com CPF, o cartão do Bolsa Família e o último extrato do Bolsa Família.

Escola e Ambavi arrecadam doações

A diretora da EMEF Castro Alves, Andreia Vilanova de Vilanova, estima que, além das famílias cadastradas no Bolsa Família, muro de outros 100 alunos também são carentes na escola. Por isso, a comunidade escolar se uniu à Associação de Moradores do Bairro Vicentina (Ambavi) para recepcionar doações.

Gostou desta material? Compartilhe!



Por , em 2020-03-31 07:57:57


Nascente www.jornalvs.com.br



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário