Voluntários confeccionam máscaras e jalecos para profissionais da saúde – Jornal Semanário – [Blog da Solange Pereira]




Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero – entrando agora ganhe Moldes grátis para imprimir + aula de teste.

Desde que a pandemia do coronavírus chegou
ao Brasil, não demorou muito para que os estoques de máscaras se esgotassem nas
farmácias de Bento Gonçalves. Esse material é considerado principal para os
profissionais da dimensão da saúde, assim uma vez que os jalecos, um equipamento de
proteção individual (EPI).

Pensando nisso, uma grande rede de
solidariedade se formou para fabricar esses dois materiais, que, mal
prontos, estão sendo doados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e
Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) do município.

A Coordenadora de Saúde Bucal, Giovana De
Bacco, está atuando na risco frente da campanha, uma vez que responsável por
providenciar esses equipamentos. Durante a semana, ela foi em procura de uma
empresa para ajudar a fazer os moldes para os jalecos e de outra para o galanteio
industrial. “Duas malharias de Bento se juntaram em um único lugar para
trabalhar. Também contamos com o auxílio de uma empresa do bairro São Roque,
que prefere não se identificar. Além delas, temos o pedestal de inúmeras
costureiras que tem máquina e trabalham diretamente de mansão”, relata.

Já para a confecção das máscaras, Giovana
conta que percebeu a urgência de gerar uma rede de costura. A teoria deu notório
e foi muito além do que imaginava inicialmente. “Hoje, essa rede tem 64
pessoas, mas cada uma criou outra rede. Tenho um grupo com 50 pessoas e outros
com 10, 5, 3, integrantes”, conta.

Depois que os cortes são feitos nas
empresas, a logística conta com o auxílio de várias secretarias para a
distribuição dos materiais nas casas das voluntarias, para que entrem em ação
com a costura. Mal prontos, os materiais são recolhidos e entregues na
Secretaria de Saúde, que doa na UPA e nas UBS’s. Até o fechamento dessa
material, de harmonia com Giovana, já foram entregues 3.312 máscaras e 1.104
jalecos.

Giovana afirma que era preciso tomar uma
atitude e demonstra gratidão por tanta ajuda vinda dos bento-gonçalvenses.
“Tínhamos certeza absoluta de que não teria material suficiente para os
profissionais. Estamos dando nosso melhor, porque todo mundo depende da equipe
de saúde e se ela adoecer, adoecemos juntos”, destaca.

Nas casas têm crianças, avós de 97 anos, homens, mulheres, adolescentes, enfim, todo mundo está costurando para ajudar – Giovana De Bacco

Sou
voluntária

A tratante Paola Giovanna Donatti, 42
anos, embora afirme ter pouca experiência em costura, é uma das pessoas que se
voluntariou para ajudar. Trabalhando de mansão, ela conta que é gratificante
poder ajudar. “O momento é de não medir esforços. É um pouco que está ao alcance de
todos, cada um pode ajudar de uma maneira. Bento está se superando em todos os
sentidos”, elogia.

Quem
deve usar máscaras?

Andando pelas ruas é generalidade ver pessoas
circulando com máscaras, mas quem realmente deve usar? O Presidente da
Associação Médica de Bento Gonçalves, Fernando Cenci Tormen explica que “as
pessoas que estiverem com sintomas devem usar, mas quem não tem e está usando
simplesmente para caminhar na rua, não têm favor nenhum, além de gerar
falsa sensação de segurança”, esclarece

Por , em 2020-03-28 15:11:15


Manadeira jornalsemanario.com.br



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário