Subúrbio: Cresce adesão da população às medidas contra coronavírus – Varela Notícias – [Blog da Solange Pereira]




Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero – entrando agora ganhe Moldes grátis para imprimir + aula de teste.

Foto: Varela Notícias

Anderson Ramos
[email protected]

As medidas de isolamento social impostos pela Prefeitura de Salvador e Governo do Estado tem surtido efeito em diversas regiões da capital baiana, e no Subúrbio Ferroviário não é dissemelhante. A equipe do Varela Notícias esteve em Quinta Coutos e Periperi, e pôde constatar o esvaziamento das ruas.

Vários estabelecimentos comerciais não abriram as portas nesta segunda-feira (23). Os poucos que se arriscaram, tiveram que se apropriar.

“Normalmente funcionamos das 08h às 20h, mas a partir de hoje vamos fechar às 18h. Foi um jeito que achamos de nos preservar e permanecer menos expostos”, conta Josias Santos, 23 anos, vendedor de uma loja de produtos animais. Protegido com uma máscara hospitalar, ele disse que a rotina de Quinta Coutos mudou somente hoje, por conta do Covid-19.

A modista Rosália Alves, 49, teve que trespassar por razão do trabalho, em Vista Prazenteiro, bairro da vinhança, mas a vontade dela era não ver a rosto da rua nesses tempos de pandemia.

“Permanecer em lar é melhor, pena que nao posso trabalhar de lá. Até porque se permanecer doente é pior, essa doença mata, quero me cuidar”, disse. Ela confirmou que tinha menos gente na rua nesse início de semana, mas também alertou que ontem os bares estavam cheios.

Na Terreiro da Revolução, em Periperi, o cenário era parecido. Não tinha moço correndo e nem brincando no parque. Várias lojas estavam fechadas, assim porquê trailers que vendem comida. Movimento mesmo só nas lotéricas, no caixa eletrônico de uma sucursal bancária e em um supermercado.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“O movimento não é esse, acho que o pessoal está se prevenindo”, acredita a vendedora Marcela Souza, 22. Ela vende chips de celulares em Paripe, mas os clientes também desapareceram por lá e a patrão liberou para que ela só voltasse a trabalhar na próxima segunda.

Iraci das Neves, 28, trabalha na terreiro atendendo num trailer que vende sorvetes. Ela diz que com as vendas em baixa, deve esperar as restrições passarem para voltar a trabalhar: “Vai depender dos patrões, mas do jeito que está deve fechar por um tempo”.

Na rua principal do bairro o movimento era mais intenso, mas menor que nos outros dias, com segmento do transacção sem funcionar ou encerrando as atividades mais cedo. No trecho da Avenida Suburbana entre Quinta Coutos e Periperi, o que se via era dissemelhante de um dia de semana geral, com poucos veículos trafegando, muitas lojas fechadas e quase ninguém andando nas calçadas ou pedalando na ciclovia

Veja mais

Sem chuva, unidade de saúde em Quinta Coutos interrompe vacina contra gripe

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE







Por , em 2020-03-23 20:06:00


Manadeira varelanoticias.com.br



Clique aqui e saiba mais sobre o Super Kit de Moldes + Curso de Costura do Zero. Clicando agora você ganha mini kit gratuito para imprimir + aula grátis.

Deixe um comentário