Câmara de Bragança lança apelo para produção de máscaras. DGS desaconselha – [Blog da Solange Pereira]



A Câmara de Bragança está a pedir ajuda a costureiras, alfaiates, modistas e a quem tenha material de costura para que possam edificar máscaras, em tecido, para proteção individual. Estas máscaras servirão principalmente para a população rústico e têm uma particularidade: podem ser reutilizáveis.

“É uma resposta à falta deste equipamento de proteção” diz o presidente da Câmara. Hernâni Dias acrescenta que desde a meia-noite o mail da autonomia e os telefones não tem parado. “Já tivemos dezenas de pessoas que manifestaram a sua totalidade disponibilidade para colaborarem connosco, mesmo fora do concelho e até de Lisboa nos ligaram para ajudarem.”

A autarquia conjuntamente com uma pequena empresa de confeções já começou este fim-de semana a produzir as máscaras de pano e ainda hoje entregará as primeiras a uma instituição da cidade.

Fechar

Subscrever newsletter

Muito obrigado pelo seu registo.

Estas máscaras servirão também para as pessoas mais idosas do meio rural e de uma forma indireta pretende-se diminuir a pressão que existe sobre os outros materiais que são essenciais nos hospitais. Hernâni Dias acrescenta que esta máscara, que terá duas camadas de tecido, tem uma outra vantagem. “Elas são reutilizáveis. É preciso é, depois de utilizada, fazer o processo de as colocar a uma temperatura entre os 70 e os 90 graus, fazer uma lavagem, para que a máscara fique outra vez pronta para utilizar”.



Por , em 2020-03-22 11:10:00



Conheça o Super Kit de Bordados – Super kit com mais de 3 mil matrizes para bordados computadorizados. Aprenda a usar sua bordadeira Elna, Singer, Janome, Brother e outras. Acesse agora e ganhe matrizes grátis



Conheça o Super Kit de Moldes com mais de 60 moldes em tamanho real para você baixar e imprimir + Curso de Costura do Zero, curso para costureiras iniciantes aprenderem do básico. Acessando agora, ganhe mini-kit grátis com vários moldes e uma aula grátis!

Manancial www.tsf.pt

Deixe um comentário