Blog da Moda – PSC lança pré-candidatura da ex-juíza Glória Heloiza à prefeitura do Rio | Rio de Janeiro


Filiada nesta segunda-feira (16) ao Partido Social Cristão (PSC), a ex-juíza Glória Heloiza oficializou o lançamento de sua pré-candidatura à prefeitura do Rio de Janeiro nas próximas eleições, que acontecem em outubro.

Para concorrer, Glória Heloiza precisou furar mão da magistratura. O pedido de exoneração foi entregue no dia 6 de março.

“Não foi fácil a decisão de deixar a toga para entrar na política. Mas o libido de transformar vidas e fabricar novas perspectivas para o povo carioca falou mais potente”, disse.

“Me despedi da Justiça formal para promover a Justiça social que é aquela que tem rosto, que tem rostro e que tem sentimento. Uma justiça que constrói e reconstrói de mãos dadas com todos os atores desse processo”.

A cerimônia de filiação aconteceu na sede do partido, no Meio, e contou com a presença do presidente vernáculo da legenda, Pastor Everaldo, e do presidente do Diretório Estadual do Rio de Janeiro, Sandro Martello.

Por conta do progressão do novo coronavírus no RJ, que já tem 31 casos confirmados, o evento não teve a presença da prensa ou de convidados. O ato, no entanto, foi transmitido ao vivo pelo site do PSC e pelos perfis do partido nas redes sociais.

“Hoje é um dia muito próprio para o PSC”, disse o Pastor Everaldo. “Essa mulher guerreira e corajosa pediu exoneração do incumbência de juíza para ser pré-candidata de nosso partido à prefeitura do Rio”, afirmou o presidente do PSC.

Glória Heloiza Lima Silva tem 51 anos e nasceu no bairro de Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio. Filha de uma modista e de um rabino de obras, tem três irmãos.

Formou-se em Recta pela Universidade Gama Rebento. Em dezembro de 1996, ingressou na magistratura estadual, onde foi juíza por mais de 23 anos.

Glória Heloiza atuou em diversos juízos gerais e especializados, mas ganhou notoriedade ao assumir, em 2015, a 2ª Vara da Puerícia, da Juventude e do Idoso.

Primeira puerícia, recta de família, inclusão e acessibilidade foram temas centrais da sua atuação porquê juíza.

[ad_2]

Fonte

Deixe um comentário